Agricultores realizam manifesto contra demarcação de terras indígenas em Mato Castelhano, região de Passo Fundo/RS

Publicado em 01/03/2013 12:00 e atualizado em 01/03/2013 17:51
2130 exibições Imprimir
Na manhã desta sexta-feira (01), agricultores da região Norte do estado do Rio Grande do Sul protestaram contra a demarcação de terras indígenas. Os agricultores utilizaram máquinas agrícolas para bloquear a BR 285, na cidade de Mato Castelhano. Aproximadamente 1500 pessoas participaram da manifestação.

A estimativa é que 3.500 mil hectares estejam sendo reivindicados pelos índios, nos quais, residem cerca de 350 famílias de pequenos produtores rurais. O produtor rural de Mato Castelhano, Alexsander Picolo da Rosa, explica que a saída dessas pessoas da área irá ocasionar um impacto social muito grande no município, que é essencialmente agrícola.

Além disso, os agricultores da localidade pedem mais transparência no processo de demarcação de terras indígenas realizado pela FUNAI. Rosa destaca que a entidade está há mais de 5 anos elaborando o processo e os produtores rurais não tem acesso.

O processo corre à revelia e não temos o direito de nos defender, a alegação é que teremos em torno de 90 dias para nos defender. Estamos reivindicando para buscar informações nos processos de demarcação que estão em andamento no estado do RS, relata o produtor.

O movimento foi realizado hoje, pois na próxima segunda-feira (04), a FUNAI já começa a implementar o levantamento fundiário da área. Estamos apreensivos e clamando pela justiça, para que alguém nos olhe, e que cessem essas demarcações em várias regiões do Brasil, disse o vice-presidente da Associação dos Produtores de Mato Castelhano, Renato Palagio.

Na região de Sananduva (RS), mais de 800 produtores rurais também realizaram uma manifestação contra a demarcação de terras indígenas. Na localidade, em torno 10 mil hectares estão sendo reclamados pela entidade. E mais de mil famílias estão na iminência de perder suas propriedades.

Hoje temos aqui na região mais de 8 cidades que convivem com esse problema, estamos correndo contra o tempo. Essa situação é um risco muito grande e coloca as famílias de agricultores vão perder as suas terras, relata o Coordenador do Sindicato da Agricultura Familiar de Sananduva, Sidimar Levandowski.

Veja abaixo as fotos da manifestação em Mato Castelhano (RS) enviadas pela Rádio Planalto

Clique aqui para ampliar!

Clique aqui para ampliar!

Clique aqui para ampliar!

Fonte: Notícias Agrícolas

13 comentários

QUER DEIXAR SEU COMENTÁRIO?

Se você já é cadastrado faça seu login ou cadastre-se no Notícias Agrícolas para poder deixar comentários.

  • oclecio firmiano rodrigues guaira - PR 14/04/2013 12:09

    os estados unidos que é um país desenvolvido resolveram os comflitos indiginas x agricultore a muito tempo e foi na bala caçando e matando e esterminando estes inulteis,[indios]

  • gerd hans schurt Cidade Gaúcha - PR 10/04/2013 22:51

    Enquanto o produtor rural Brasileiro ficar achando que a demarcação de terras de seu vizinho não é de sua conta, não vejo solução para o que está acontecendo com as demarcações em andamento. Enquanto estivermos trabalhando e produzindo o nosso governo está nadando de braçadas.A resposta para um governo que trata o seu produtor rural como inimigo é parar. Está mais do que na hora do produtor rural se unir e demonstrar a sua força.

  • SUZANA ALANO Palhoça - SC 10/04/2013 14:15

    CPI DA FUNAI JÁ... ASSINE NO LINK ABAIXO E DIVULGUE.. QUANDO TIVERMOS ASSINATURAS SUFICIENTES LEVAREMOS À CÂMARA FEDERAL:
    http://www.avaaz.org/po/petition/CPI_DA_FUNAI_JA_O_Brasil_exige_que_os_Deputados_Federais_investiguem_a_FUNAI_urgente/?caCNxeb

  • SUZANA ALANO Palhoça - SC 10/04/2013 14:01

    PRECISAMOS UNIR FORÇAS CONTRA OS ABUSOS DA FUNAI.
    A FUNAI hoje não está mais à altura da responsabilidade para a qual foi criada. Teoricamente, seria o órgão que executaria a política indigenista do Estado brasileiro, mas acabou muito manipulada por ONGs estrangeiras. O Estado não dota a FUNAI das verbas que precisa e como ela foi criada sob o regime jurídico de uma fundação pública, pode receber dinheiro de ONGs. Isto acabou abrindo um espaço horrendo para a corrupção e a mutilação da verdadeira política indigenista brasileira.
    As ONGs pintam um quadro de ameaças, mentiras e fraudes antropológicas em processos demarcatórios por todo o Brasil, sob o argumento corrompido de estarem amparadas pelo artigo 231 da Constituição Federal e pela Convenção 169 da Organização Internacional do Trabalho, ferindo dezenas de preceitos previstos na Carta Constitucional como Direitos e Garantias Fundamentais de todos os brasileiros.
    Nas demarcações de terras indígenas nos Estados de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul foram adotados “modelos amazônicos” de demarcação, de modo que, nestes Estados, além do forte impacto das perdas de áreas produtivas, trabalhadores e pescadores urbanos também estão perdendo suas terras.
    Diante disso, pedimos à Câmara dos Deputados Federais que, URGENTEMENTE, seja dado início à CPI DA FUNAI para desvendar todas as mentiras e interesses que estão por trás das demarcações, requerendo documentos sigilosos e solicitando a quebra do sigilo bancário dos membros das ONGs que atuam e atuaram na FUNAI.
    Por isso fizemos uma petição on line para ser DIVULGADA e assinada por todos e que pode ser acessada no seguinte link:
    http://www.avaaz.org/po/petition/CPI_DA_FUNAI_JA_O_Brasil_exige_que_os_Deputados_Federais_investiguem_a_FUNAI_urgente/?caCNxeb

  • ernesto alessi Gentil - RS 21/03/2013 19:29

    Batalhei bastante para poder coprar a terra e agora
    dar para esses engrenquena de indio de GRAÇA????
    Que vao Laurar se querem terra que vao laurar.
    Arancar soque e Catar sÙ sasi.
    vao trabalhar seus espelanduri(tropa de vadio!!!!!)

  • ROBERTO CARLOS GUAIRA - PR 03/03/2013 12:35

    ROBERTO CARLOS /GUAIRA PR
    OS produtores daqui de guaira esta na mesma situação,dos
    produtores mato castelhano,querem toma nossa terra.
    Mais aqui eles vão entra no chumbo

  • gerd hans schurt Cidade Gaúcha - PR 02/03/2013 19:37

    É isso aí, votem no PSDB e no PT, são todos socialistas comunistas que estão se degladiando pelo poder. Tudo teve inicio com esse tal de Fernando Henrique Cardoso com os ditos movimentos sociais, Só para lembrar, aquela reserva indigina suiá Missu, de onde foram espulsos mais de 7 mil produtores rural a partir de dezembro foi assinada pelo tal Sociólogo FHC quando presidente.Agora temos os Petralhas dando continuidade com essa politica de confronto para implantação do socialismo e comunismo no Brasil e em toda a América Latina. Já estão em plena campanha para se manter no poder a partir de 2015.

  • WOLMAR FRIES Antônio Prado - RS 02/03/2013 18:56

    Os Governo deve estar criando mais um pedágio "administrado" pelos índios, a exemplo daqueles que existem pelo Brasil a fora, onde os índios não conservam a rodovia, mas cobram pedágio, que se não for pago, é cobrado através do saque da carga.

  • leandro moschini Erechim - RS 01/03/2013 23:24

    BOA NOITE SR. PAULO, TENHO CERTEZA QUE SEU DESEJO É O MESMO DE MILHÕES DE AGRICULTORES DE NOSSO IMENSO BRASIL. O QUE FALTA A MEU VER É QUE AS ENTIDADES QUE REPRESENTAM NOSSA CLASSE, TOMEM A INICIATIVA DE INICIAR ESSA MOBILIZAÇÃO. ENQUANTO OS AGRICULTORES NORTE AMERICANOS SAO HOMENAGEADOS , EM HORARIO NOBRE, DIGA-SE DE PASSAGEM ( VER VIDEO NOTICIASGARICOLAS.COM.BR ), NOSSOS AGRICULTORES SAO TRATADOS COMO BANDIDOS, INVASORES, SAO EXPULSOS DE SUAS TERRAS. ATÉ QUANDO VAI ISSO ?, DAR TERRA PARA INDIO PARA QUE, SE ELES NAO PRODUZEM ? SERA QUE ESSE POVO A QUEM CHAMAM DE INDIO, QUEREM TERRA MESMO ? QUAL A VERDADE SOBRE DAR, TERRA PARA INDIO ?, A FUNAI POSSUI MAIS DE 400 SOLICITAÇÕES DE DEMARCAÇÃO DE AREAS INDIGENAS. O QUE SERA DO BRASIL SE FOREM TODAS ATENDIDAS. NAO ESTAMOS DIMENSIONANDO O TAMANHO DO PROBLEMA. PENSO QUE ESTA MAIS DO QUE NA HORA DE DARMOS UM BASTA A TUDO ISSO.
    APOIO!!!!!!!!
    ABRACO.

  • sidinei visintin Caseiros - RS 01/03/2013 23:00

    o triste nesta história é o fato de retirarem pequenos produtores aqui no RS e entegar as áreas demarcadas aos indios que acabam arendando para terceiros ou deixando virar capoeira sendo que os indios estao em situaçao de miséria realizando trabalhos braçais como diaristas nas redondezas ou mendigam pelas cidades vizinhas,é comum ver indias com varias crianças(escadinha), ou seja, os indigenas servem de mão de obra barata ou pior votos baratos então para que tanta demarcação? por que os caciques se reuniram com a FUNAI e representantes do governo no final do ano passado para elaborar estrategias(site da FUNAI), por que ninguem faz nada? por que os indigenas estao aumentando exponencialmente? aquem isto interessa? eu só sei que os se os produtor nao se mexer vão vicar na estrada.

  • gerd hans schurt Cidade Gaúcha - PR 01/03/2013 20:15

    O problema da demarcação de terras para os indios está se tornando insustentável e tudo indica que não vai parar.O estranho nisso tudo que está acontecendo é o silêncio total das entidades representativas dos produtores rurais.Onde estão os Sindicatos Rurais, Federações e CNA?

  • PAULO ADRIANO GAI CERVO sapezal - MT 01/03/2013 16:11

    Chega de intervencionismo estatal ! Basta ! Onde estamos levando nosso País ? O Rio Grande do Sul tem sua situacao fundiaria definida a seculos. Estes cidadaos que tem hoje seus tetos ameaçados sao decedentes daqueles que deram a vida para manter a fronteira sul do nosso Brasil. Até onde nosso povo será subjugado pelos desmandos desvairados dos governantes? NAO, CHEGA, BASTA !! NAO PODEMOS ACEITAR CALADOS, INERTES, QUE MAIS NENHUM PAI, FILHO, ESPOSO, IDOSO, FAMILIA SEJA ENXOTADA DE SUAS CASAS ONDE VIVEM A VARIAS GERACOES EM FUNCAO DO FISIOLOGISMO POLITICO DE QUEM PERDEU A RAZAO ! NO MOMENTO SOMENTE UMA ATITUDE NACIONAL, LIDERADA E ENCAMPADA POR TODOS AQUELES QUE VIVEM DA TERRA PODE COLOCAR UM FIM NESTAS TRAGÉDIAS. MATO GROSSO ESTA ASSISTINDO UMA VERDADEIRA SEGREGACAO. ESTAO JOGANDO MILHARES DE FAMILIAS EM GUETOS NA DESOCUPACAO DA TERRA SUISÁ MISUI, AGORA ESTA OCORRENDO NO RS E OUTRAS MAIS, INUMERAS VIRAO SE NAO REAGIRMOS. AGRICULTORES DO BRASIL OU NOS UNIMOS OU SEREMOS EXTINTOS!!

  • Telmo Heinen Formosa - GO 01/03/2013 13:12

    Não se limitem a fazer barulho, idealizem ações de PRESSÃO. Morte matada ou Morte morrida, tanto faz. o que não pode é morrer sem pelejar. Malditos Ulisses Guimarães, FERNANDO HENRIQUE CARDOSO et caterva que idealizaram e deram este poder todo para ANVISA, FUNAI, IBAMA, DENATRAN e não sei mais quem. Peninha de nós acreditar que a solução era deixar a resolução aos pTOLOS. O que fazer? FALAR a linguagem da gôndola dos supermercados, esta a nossa GonernANTA entende.