Entidades do agro lamentam o acidente aéreo com o time da Chapecoense

Publicado em 29/11/2016 11:00
573 exibições

O avião que levava a delegação da Associação Chapecoense de Futebol para a Colômbia caiu na manhã desta terça-feira (29) deixando 76 mortos. Estavam a bordo 81 pessoas, sendo 72 passageiros - entre membros da equipe e profissionais da imprensa - e mais nove membros da tripulação. Até o momento, há cinco sobreviventes. A tragédia chocou o Brasil. 

O time estava a caminho de Medellín para disputar a primeira partida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional, nesta quarta-feira (30). A partida seria a mais importante da história do clube, fundado em 1973. 

Chapecó, em Santa Catarina, é considerada a capital brasileira da agronindústria e é um município que cresceu ao redor do agronegócio. Uma reportagem da janeiro, da Folha de S. Paulo, mostrou que o incentivo e o patrocínio que o agronegócio vem dando a times de futebol, entre eles, a Chapecoense. Leia mais:

>> Na Folha: Agronegócio banca times de futebol no Sul e Centro-Oeste

Assim, diversas entidades, nesse dia de luto e dor, estão enviando suas notas de pesar pelo acidente com o time catarinense. O Notícias Agrícolas, ao lado delas, se solidariza com as famílias das vítimas e espera que, em breve, o sonho da Chapecoense seja retomado. 

Chapecoense

A seguir, veja as manifestações de solidariedade. 

Nota de profundo pesar da Cooperalfa

Como falar da Chapecoense neste dia de tanta dor??? Hoje, Chapecó amanheceu calada e incrédula. É muito difícil conceber que esta tragédia tenha acontecido na véspera de um dia tão importante para o futebol catarinense e brasileiro. O avião que levava o time do coração de milhares de pessoas caiu na Colômbia, onde participaria do primeiro jogo da final da Sul Americana. Foi com você Chape, que aprendemos a amar bem mais o futebol. Foi com você, Chape, que uma geração inteira aprendeu a ter carinho por este esporte.

Nosso coração chapecoense partiu com o avião da Chape.

Perdemos mais que um time, perdemos uma paixão. Perdemos um orgulho de ser chapecoense. Perdemos colegas de imprensa. Mais que isso, perdemos amigos, dirigentes voltados a construir esporte pela via da solidariedade e do amor a um clube. É a maior tragédia do esporte coletivo mundial, uma equipe que levava nosso nome para o Brasil e o mundo de uma forma tão maravilhosa, tão grandiosa, tão empolgante e leal. 

Chapecó está em luto pela perda desses jogadores tão queridos, de profissionais tão responsáveis.

“Ó Glorioso verde que se expande entre os estados tu és sempre um esplendor nas alegrias e nas horas mais difíceis meu furacão tu és sempre um vencedor. São tantos títulos outrora conquistados com bravura, muita raça e fervor leva consigo o coração de uma cidade meu furacão tu és sempre um vencedor”!

A Cooperalfa, em nome das 17.800 famílias de associados e 2.850 funcionários, se solidariza a todas as famílias enlutadas, de jogadores, profissionais da imprensa e demais convidados vitimados pela catástrofe em solo colombiano.
Em face a esse momento tão inesperado e triste, a direção da Cooperalfa suspendeu as duas confraternizações envolvendo funcionários que estavam previstas para esse fim de semana na AARA em Chapecó, respectivamente dias 02 e 03 de dezembro.

Romeo Bet - Presidente
Cládis Jorge Furlanetto - 1 Vice-presidnete
Sérgio Antonio Giacomelli - 2 Vice- presidente

ACCS

#ForçaChape

A equipe da ACCS está profundamente consternada com a tragédia ocorrida com a equipe da Associação Chapecoense de Futebol. Que Deus conforte o coração das famílias das vítimas e de todos os brasileiros, que estão de luto nesta terça-feira.

NOTA OFICIAL DA ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE IMPRENSA

Em face da terrível tragédia com a delegação da Associação Chapecoense de Futebol ocorrida na Colômbia, vitimando jogadores, técnicos, dirigentes e jornalistas a Associação Catarinense de Imprensa(ACI) manifesta seu profundo pesar com a imensa e irreparável perda que abala a sociedade catarinense e as famílias enlutadas.

O clube de Chapecó notabilizou-se no Brasil pela determinação com que galgou posições no cenário esportivo nacional, chegando, com muito mérito, à elite do futebol brasileiro. 

Essa jornada foi construída pela dedicação de dirigentes, jogadores, apoiadores e patrocinadores.

Parcela essencial desse retumbante sucesso deve-se aos  profissionais de imprensa que, com fidelidade jornalística, registraram para o mundo e para a História a edificante trajetória  da Associação Chapecoense de Futebol.

Nesse momento de dor e luto, a Associação Catarinense de Imprensa – em nome de todos os profissionais da mídia barriga-verde – quer homenagear a memória dos profissionais do Rádio, da Televisão, dos jornais, das agências de notícias e da assessoria de comunicação que pereceram no cumprimento do sagrado dever de informar a sociedade brasileira, ao tempo em que se solidariza com todos os seus familiares.  

Florianópolis, 29 de novembro de 2016.

Marcos Antônio Bedin, diretor regional do Oeste.

Ademir Arnon, presidente.

Nota oficial da Aurora

Os associados, os funcionários, os dirigentes e todas as pessoas que integram a grande comunidade da Cooperativa Central Aurora Alimentos manifestam sua dor e sua solidariedade às famílias enlutadas pela tragédia que se abateu sobre a Associação Chapecoense de Futebol na Colômbia.

Fiel apoiadora e parceira desde o tempo em que a Chapecoense era apenas uma promessa, a Aurora se orgulha de ter sido a principal patrocinadora privada dessa grande equipe.

É de uma tristeza profunda e de um eterno lamento a perda dos jogadores, técnicos, dirigentes, colaboradores, apoiadores, tripulantes e profissionais de imprensa que marcam a maior tragédia no universo desportivo e da comunicação em Santa Catarina.

Será difícil viver sem a alegria que essa admirável equipe proporcionava aos catarinenses e brasileiros com seu futebol criativo e com sua trajetória corajosa, que a conduziu ao topo do desporto verde-amarelo.

A cooperação, que emoldura a história da Aurora, foi a mesma que fundamentou as bases da infraestrutura e do crescimento da Chapecoense na sua transição para um Clube de êxito na gestão e de sucesso nos campos do Brasil e da América do Sul.

A Aurora abraça e consola as famílias enlutadas, rogando ao Supremo Criador que mitigue a dor de cada um e fortaleça cada coração para suportar a perda de seus entes queridos.  

Chapecó (SC), 29 de novembro de 2016.

NOTA DE PESAR DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

A Caixa Econômica Federal manifesta pesar aos familiares e amigos das vítimas do acidente aéreo envolvendo a delegação da Chapecoense, jornalistas e demais profissionais, ocorrido na madrugada desta terça-feira (29), na Colômbia.

A CAIXA agradece o empenho, a força e o legado deixado por cada um dos atletas, que contribuíram para alegrar e enriquecer o esporte brasileiro.

Tags:
Fonte: Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Sérgio Ildefonso Cristalina - GO

    Acidente aéreo com o time da Chapecoense -- Um dos fatos mais lamentáveis que tenho notícia.., sou Palmeirense, amante do futebol, e estou extremamente consternado... Deus há de confortar os familiares e amigos e á toda a cidade de Chapecó. #somostodoschape

    0
    • EDMILSON JOSE ZABOTTPALOTINA - PR

      Muito triste o Dia de Hoje p o esporte Brasileiro. Este time que é do interior do estado de SC , tem como sua principal fonte de Patrocínio o Agronegócio através da Aurora e dos cidadãos Chap??ecoense que tem sua base econômica o Agronegócio . Mas com a Força e a humildade que sempre norteou está comunidade saberão retomar a suas vidas . O nosso sentimento a todas as famílias que sofrem neste momento.

      0