Café: Bolsa de Nova York dá seguimento às perdas e cai mais de 200 pontos na tarde desta 3ª feira

Publicado em 29/11/2016 14:07 e atualizado em 29/11/2016 17:54
128 exibições

Os futuros do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE futures US) seguem operando com perdas na tarde desta terça-feira (29). Pela manhã, os vencimentos mais próximos já trabalhavam com quedas, diante da alta do dólar no Brasil. Novamente, o mercado opera buscando direcionamento, refletindo cenário de câmbio e dólar no Brasil.

Às 13h50, o contrato março/17 anotava perdas de 210 pontos e cotado a 154,55 cents/lb, enquanto que maio/17 cedia 195 pontos e negociado a 156,95 cents/lb. O vencimento julho/17 operava a 158,90 cents/lb, com desvalorização de 205 pontos. Já setembro/17 estava caindo 200 pontos e referência de 160,80 cents/lb.

Informações do vice-presidente da Price Futures Group e analista, Jack Scoville, apontam que os futuros continuavam anotando movimentação diante das informações de dólar no Brasil. Por volta das 14h, a moeda norte-americana era cotada a R$ 3,400 na venda, com alta de 0,46 %. A agência de notícias Reuters aponta que o dólar refletia a queda do petróleo, além da movimentação na política no Brasil.

Em seu relatório semanal, o diretor de commodities do Banco Société Générale, Rodrigo Costa, explica que os futuros do café estavam rompendo patamares importantes com as constantes quedas nas bolsas internacionais. “É importante o Março ficar acima de US$ 155.40 centavos/libra, onde está a média-móvel de 100 dias, caso contrário Nova Iorque pode buscar os US$ 148.60 centavos, outro ponto-chave para não reverter a atual aposta na alta dos preços em baixa”, explica.

No quadro climático, chuvas estão previstas para o cinturão de café do Brasil, segundo apontam informações dos principais institutos meteorológicos. Uma nova frente fria trouxe precipitações para os próximos cinco dias, principalmente em São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo.

No mercado físico, por volta das 10h00, o tipo 6 duro era negociado a R$ 565,00 pela saca de 60 quilos em Varginha (MG), assim como no fechamento de ontem. Em Espírito Santo do Pinhal (SP), a referência se mantinha em R$ 550,00 pela saca e em Guaxupé (MG) também.

» Clique e veja as cotações completas de café

Por: Sandy Quintans
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário