Suíno Vivo: Semana inicia com baixa de preços em RS

Publicado em 11/01/2016 18:15
94 exibições

Nesta segunda-feira (11), os preços para o suíno vivo tiveram baixa em algumas das praças de comercialização. Em Rio Grande do Sul, a pesquisa semanal realizada pela ACSURS (Associação dos Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul) apontou para uma queda de R$ 0,08 nos preços médios pagos aos suinocultores independentes.

Com isso, a referência do estado gaúcho passa de R$ 3,71/kg para R$ 3,63/kg. Já para os produtores independentes, a média de preços também teve uma baixa e passa a ser de R$ 3,05 pelo quilo. Por outro lado, as cotações médias para o milho e farelo de soja tiveram aumento e são negociados, respectivamente, a R$ 33,50 pela saca e R$ 1.285,00 por tonelada.

Em entrevista ao Notícias Agrícolas, o presidente da ACSURS, Valdecir Folador, explicou este início de ano deve ser de pressão nas cotações, enquanto as despesas devem continuar subindo. “Hoje o custo de produção já gira em torno de R$ 3,20 a R$ 3,00 o quilo, então o produtor acaba ficando com a margem bastante apertada", declara Folador.

» Assista entrevista na íntegra com o presidente da ACSURS, Valdecir Folador

Nas demais praças, os preços para os próximos dias ainda não foram atualizados. Em São Paulo, o suíno vivo segue negociado entre R$ 78 a R$ 80 – o equivalente a R$ 4,16 e R$ 4,27 pelo quilo. De acordo com a Scot Consultoria, a praça não registra mudança de preços há mais de 20 dias.

Além disto, a comercialização está lenta neste início de mês, após as festas de final de ano. “A não circulação dos salários nesta primeira semana do ano, junto a janeiro ser um mês no qual entram muitas despesas, gera uma dúvida sobre o consumo”, aponta a consultoria.

Exportações

O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) divulgou nesta tarde, números parciais de embarques para o mês de janeiro para a carne suína in natura. Em cinco dias úteis, 10,8 mil toneladas, em uma média diária de 2,2 mil toneladas. Em receita, os embarques somam US$ 19,8 milhões. 

» Confira na íntegra as cotações para o suíno vivo

Tags:
Por: Sandy Quintans
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário