Suíno Vivo: Minas Gerais acompanha demais regiões e registra baixa na referência nesta 3ª feira

Publicado em 19/01/2016 18:16
64 exibições

Nesta terça-feira (19), os preços para o suíno vivo encerram em baixa em Minas Gerais. Na praça, a referência fechou em R$ 4,20/kg - uma redução de R$ 0,20 em relação a semana anterior. Esta é a terceira baixa dos últimos dias, visto que já houve redução de preços em São Paulo e também em Rio Grande do Sul.

De acordo com informações da ASEMG (Associação dos Suinocultores do Estado de Minas Gerais), novamente não houve acordo entre frigoríficos e produtores. Na região, as vendas estão fracas com o início do ano e o mercado ainda necessita de ajustes.

Em São Paulo, os negócios para os próximos dias devem ficar entre R$ 73 e R$ 75/@ - o mesmo que R$ 3,89 a R$ 4,00/kg. Já a pesquisa semanal divulgada pela ACSURS (Associação dos Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul) apontou para uma baixa de R$ 0,10 no valor médio pago aos produtores independentes, que fechou em R$ 3,53/kg.

Com isso, a atenção se volta para os custos de produção, que em algumas regiões já estão abaixo da referência. A maior preocupação é com alta do farelo de soja e também para o milho – além da dificuldade em encontrar o cereal, devido ao grande volume de exportação dos últimos meses.

» Suínos: Alta nos custos de produção deixam margens negativas aos produtores no começo de 2016

A ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal) se reuniu com o MAPA para trazer soluções que possam ajudar o setor, visto que deve haver aumento de preços para as proteínas com os atuais custos de produção. “Nós entendemos que o produtor deve ser remunerado adequadamente. Bons preços no milho ao produtor significam, também, uma boa safra.  O que preocupa é a alta exagerada baseada em especulação.  Em um momento crítico para nossa economia, com recessão já anunciada, aumentar custos de produção é penalizar não apenas quem produz, mas também a população consumidora.  É uma inflação provocada não por problemas climáticos, mas pela ação de atravessadores”, destaca o presidente da ABPA, Francisco Turra.

» Em encontro com a ABPA, MAPA promete ações contra escassez de milho

» Confira na íntegra as cotações para o suíno vivo

Tags:
Por: Sandy Quintans
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário