Suinocultura em Mato Grosso trabalha no 'vermelho' diante desvalorização do real

Publicado em 02/02/2016 11:50 e atualizado em 02/02/2016 12:35
51 exibições

A suinocultura em Mato Grosso voltou a trabalhar no 'vermelho' diante a desvalorização do real, aumento do dólar, juros altos e o preço do milho. Atualmente, o custo de produção é de aproximadamente R$ 2,90 diante o quilo do animal vivo na casa dos R$ 3,15.

O crédito, as questões sanitárias para as aberturas de novos mercados e a exportação são hoje os principais entraves da suinocultura mato-grossense. Pontos estes que a Associação dos Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat) e o Governo de Mato Grosso estão trabalhando em conjunto para melhorar.

Com o aumento do dólar e do preço interno do milho, chegando a picos de R$ 26,30 como constatado no dia 29 de janeiro em Alto Araguaia, bem como da soja, o custo de produção da suinocultura voltou a subir. Hoje, está em torno de R$ 2,90, porém a perspectiva é que nesta semana atinja os R$ 3. O valor desembolsado para produzir um quilo de carne suína é semelhante o valor pago aos produtores de R$ 3,15, em média, pelo quilo do animal vivo.

Leia a notícia na íntegra no site Olhar Direto

Tags:
Fonte: Olhar Direto

Nenhum comentário