Suíno Vivo: Mercado registra preços estáveis, após baixa no Rio Grande do Sul

Publicado em 10/02/2016 18:06
93 exibições

Os preços praticados para o suíno vivo nas principais praças de comercialização voltaram a encerrar estáveis nesta quarta-feira (10). Com o feriado de Carnaval, muitas regiões ainda não trouxeram preços atualizados para os próximos dias. Já na semana anterior, grande parte dos estados encerrou com preços negativos.

No início da semana, a ACSURS (Associação dos Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul) divulgou sua pesquisa semanal de preços, que voltou a registrar queda. Na média do estado, os independentes tiveram baixa de R$ 0,04 para o suíno vivo, levando a cotação para R$ 3,14/kg no estado gaúcho. Na última semana, a referência já havia registrado baixa significativa no Rio Grande do Sul. Além da baixa aos independentes, os produtores integrados também registraram redução na média do estado, que passou de R$ 2,93/kg para R$ 2,91/kg.

Em entrevista ao Notícias Agrícolas, o presidente da ACSURS, Valdecir Folador, aponta que a demanda têm sido um dos principais fatores de pressão para o mercado. Além disto, os custos de produção continuam retirando margens dos suinocultores, após as fortes valorizações dos insumos. O presidente aponta que em um ano, as cotações cederam 15%, enquanto a saca de milho subiu em média 65% e o farelo de soja 26% maior.  

» Assista a entrevista na íntegra com Valdecir Folador, sobre o mercado de suínos

Nem mesmo o bom desempenho das exportações têm alavancado preços no mercado interno. Em janeiro, foram embarcados 39,1mil toneladas, com média diária 2 mil toneladas, segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Em relação a janeiro do ano passado, o aumento é de 72,9%, enquanto que em relação a dezembro é de 14,5%.

» Confira na íntegra as cotações para o suíno vivo

Tags:
Por: Sandy Quintans
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário