Preço da saca de arroz se mantém em R$ 30

Publicado em 16/03/2009 11:54
5351 exibições Imprimir

Cotado a R$ 30, o preço da saca de arroz deve se manter estável apesar da colheita da safra ser intensificada nos próximos dias. A explicação está na cotação alta do dólar, que impede a importação de arroz do Uruguai para garantia do chamado estoque de passagem.

Esse foi o maior problema enfrentado pelos produtores em anos anteriores, já que a baixa cotação da moeda norte-americana estimulava a importação da produção de arroz do Uruguai para composição do estoque de passagem. O engenheiro agrônomo Volnei Meller explica que a característica cíclica do produto também assegura estabilidade.

O ciclo tem duração de três a cinco anos, e desde o último ano, o arroz se mantém em alta, por isso os agricultores têm essa perspectiva.

Mesmo assim, as queixas em relação ao custo de produção ainda são proeminentes no campo. Jairton Wessler reclama dos preço do adubo, da ureia, do óleo diesel e até da mecânica para manutenção do maquinário.

Dizem que faltou matéria-prima (para elaboração do adubo), mas a ureia aproveitou a carona e aumentou de preço também denuncia.

Produtor vai armazenar esperando a valorização

Para o produtor Roberto Mondardo, o preço poderia estar melhor cotado, pois já chegou a R$ 36, e agora recuou para R$ 30.

Fica difícil para quem tem conta para pagar. Se continuar assim será outro ano em que o produtor terá que esperar o ano que vem explica.

O agricultor Valdemir Duminelli já decidiu o que fazer com a produção: vai depositar no silo de uma cooperativa para esperar a reação do preço da saca de 50 quilos.

Quem sabe chega a R$ 40, porque com R$ 32 é prejuízo na certa diz o produtor, que colhe em áreas arrendadas, onde parte da produção serve de pagamento de aluguel.


Diário Catarinense
Fonte: Diário Catarinense

Nenhum comentário

QUER DEIXAR SEU COMENTÁRIO?

Se você já é cadastrado faça seu login ou cadastre-se no Notícias Agrícolas para poder deixar comentários.