» visite o site do RuralBR
Notícias Agrícolas

Seja o porta-voz de si mesmo!

Publicado em 28/01/2010 09:46

BR 163: Obras serão retomadas

O asfaltamento da rodovia Cuiabá-Santarém é considerado estratégico para o escoamento da produção agrícola de Mato Grosso

Após o bom avanço das obras da BR-163 em 2008 e 2009, o 9º Batalhão de Engenharia de Construção (9º BEC) prepara-se para retomar a pavimentação asfáltica da mais importante via de escoamento da produção agrícola mato-grossense: a rodovia Cuiabá-Santarém.

A expectativa é de que, dentro de aproximadamente dois anos, segundo previsões da Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado (Aprosoja), Mato Grosso esteja exportando 10 milhões de toneladas de soja via Porto de Santarém (PA), 1.150% a mais do que se exporta hoje pelo porto, 800 mil toneladas.

Para tanto, é necessário que a pavimentação esteja concluída junto com a ampliação do Porto de Santarém, que hoje tem capacidade para exportar apenas 2 milhões de toneladas.

“O 9º BEC está com seu efetivo de prontidão, só esperando mesmo a liberação dos recursos para a retomada das obras na rodovia”, informa o comandante do batalhão, coronel Fernando Miranda do Carmo.

O asfaltamento da BR-163 - considerada estratégica para o escoamento da produção mato-grossense e para a ocupação e integração amazônica - caminha firme em direção à divisa do Pará, primeira etapa física da obra que começou a ser construída na década de 70 pelo 9º BEC. As obras, contudo, foram paralisadas temporariamente no último mês de dezembro por falta de recursos, restando um trecho de apenas 24 quilômetros para chegar à Serra do Cachimbo (PA).

BR 163


Até agora, foram aplicados R$ 46 milhões nas obras de pavimentação já realizadas, incluindo o serviço de terraplanagem até à região da Serra do Cachimbo. “O trabalho nesse local é mais complexo, devido à topografia, que á acidentada e a região é cheia de pedras. Para se ter uma idéia, em um uma semana chegamos a usar cinco toneladas de explosivos para abrir as rochas”, relata o coronel Miranda.

Na avaliação do comandante do 9º BEC, a Cuiabá-Santarém tem importância estratégica para o desenvolvimento de Mato Grosso, especialmente para a região Norte, promovendo o escoamento da safra agrícola a partir dos portos de Santarém e Itaituba, além de estimular o processo de ocupação amazônica. A rodovia irá contribuir também para o aumento da renda interna e para o aproveitamento e melhor distribuição da riqueza nacional, geração de divisas e abertura de novas frentes de trabalho, permitindo a diminuição do desequilíbrio econômico e social.

ITAITUBA – Além de trabalhar na pavimentação do trecho até à divisa com o Pará, o 9º BEC conta ainda com outra frente de trabalho no trecho compreendido entre o entroncamento da BR-163 com a BR-230, a Transamazônica, até à cidade portuária de Itaituba, no rio Tapajós, numa extensão de 32 quilômetros. Deste total, quatro quilômetros já foram pavimentados.

Para executar esta obra – que inclui ainda quatro pontes, das quais duas já construídas - estão destacados atualmente cerca de 350 homens no acampamento militar de Miritituba (distrito de Itaituba), com previsão de conclusão em setembro deste ano.

Por se localizar mais próximo que Santarém, o porto de Itaituba poderá ser uma opção mais rápida para o escoamento da safra agrícola mato-grossense, a partir do rio Tapajós e de lá seguindo rumo ao porto de Santarém, com saída para o Atlântico.

O coronel Miranda diz que a retomada das obras da BR-163 pelo 9º BEC, há cerca de dois anos, devolveu a auto-estima e motivação do batalhão, permitindo à instituição retornar às suas origens. “Resgatamos a nossa história e retomamos o desafio de gerenciar projetos e cumprir nosso papel de fomentar obras estratégicas para o desenvolvimento do país. O Exército se sente orgulho em dar esta contribuição à nação”.

COMANDO – Miranda deixa hoje o Comando do 9º BEC – função que exerceu desde janeiro de 2008 – para assumir a Diretoria de Obras de Cooperação do Departamento de Engenharia de Construção do Exército, em Brasília. Em seu lugar assume o também coronel Roberto Tailor Souza da Silva, que vem de Brasília para dar prosseguimento ao ótimo trabalho realizado pelo 9º BEC nos últimos anos. (Diário de Cuiabá)

Fonte: Aprosoja
QUER DEIXAR SEU COMENTÁRIO?
Se você já é cadastrado faça seu . Ou cadastre-se no Notícias Agrícolas para poder deixar comentários.
COMENTÁRIOS

CARREGANDO
HILÁRIO CASONATTO | LUCAS DO RIO VERDE - MT
EM RECENTE VIAGEM DE SORRISO Á PRIMAVERA DO LESTE MT, DEVIDO DEVIDO AO GRANDE FLUXO DE CAMINHÕES COM MILHO E SOJA , MESMO REFORMANDO , REMENDANDO AS ESTRADAS ESTÃO FICANDO DESTRUIDAS

28/01/2010 11:00

CHICAGO (CBOT - CENTROGRÃOS)

CONTRATO (US$/bu) PREÇO VAR
Soja (Ago/14) 1.207,50 6,50
Soja (Set/14) 1.111,50 9,75
Soja (Nov/14) 1.084,75 8,25
Soja (Mar/15) 1.097,50 6,75
Última atualização: 16:13 (24/07)
Dólar 2,223 0,09 %
COTAÇÕES EM TEMPO REAL

Commodities

Commodities fornecidas por br.investing.com

Índices

Índices fornecidos por br.investing.com

INDICADORES CEPEA

PRODUTO (R$) PREÇO VAR
Boi Gordo (média SP/@) 118,78 -0,24 %
Última atualização: 18:56 (23/07)

BRASIL (BM&F)

CONTRATO PREÇO VAR
Soja (Ago 14) 29,90 1,01 %
Café (Set 14) 215,50 0,00 %
Boi Gordo (Out 14) 124,35 -0,13 %
Dólar Fut (Ago 14) 2,226 0,07 %
Última atualização: 16:10 (24/07)

NEW YORK (NYBOT)

CONTRATO PREÇO VAR
Algodão (Oct 2014) 66,40 -2,37
Açúcar (Oct 2014) 17,05 0,09
Suco de Lar (Nov 2014) 151,75 -2,65
Café (Sep 2014) 178,30 1,70
Última atualização: 15:22 (24/07)
Acessar versão completa