Exportação de soja do Brasil deve subir para 57 mi t em 2016, diz Anec

Publicado em 06/01/2016 07:19
134 exibições

logo mini reuters noticias

SÃO PAULO (Reuters) - As exportações de soja do Brasil em 2016 deverão atingir um novo recorde, de 57 milhões de toneladas, após atingirem uma marca histórica de 53,06 milhões de toneladas em 2015, informou nesta terça-feira a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec).

"Esse aumento deverá se concentrar principalmente nos portos do norte do país, em virtude da saturação da capacidade dos portos tradicionais do sul, e em função das condições climáticas decorrentes da influência do El Nino, aumentando a incidência de chuvas nas regiões sul e sudeste do país, afetando com maior intensidade os embarques nos portos de Rio Grande, São Francisco do Sul, e Paranaguá", disse a entidade em nota.

A Anec projetou ainda que os preços da soja no mercado brasileiro não deverão ter grandes variações durante o pico da safra, entre março e junho de 2016, "o que torna o cenário ainda mais favorável para as exportações".

Segundo o Indicador da ESALQ/BM&FBovespa, que registra os preços dos negócios feitos no porto de Paranaguá mostra que a soja está sendo negociada atualmente acima de 80 reais por saca, maior patamar desde meados de 2012, sob forte influência da desvalorização do real ante o dólar.

Dezembro encerrou com embarques de 465,9 mil toneladas --a maior parte dos canais portuários estão alocados para embarques de milho--, segundo a associação, que registra o fluxo mensal de embarques monitorando a movimentação de navios nos portos brasileiros, em uma metodologia diferente da utilizada pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

Segundo dados divulgados na véspera pelo governo, o Brasil embarcou cerca de 730 mil toneladas da oleaginosa em dezembro, fechando o ano com exportação de 54,3 milhões de toneladas.

PORTOS

O porto de Santos foi novamente o principal ponto utilizado para o escoamento da safra de soja no mercado internacional, com um total de 12,18 milhões de toneladas embarcadas, queda de 2 por cento ante 2014.

Por outro lado, o porto de Rio Grande obteve grande crescimento, de 42 por cento nos volumes, totalizando 11,6 milhões de toneladas de soja embarcadas.

A Anec destacou que os portos do chamado Arco Norte do país ganharam relevância ao longo de 2015, com Itaqui (São Luís/MA), Vila do Conde (Barcarena/PA), e Aratu (Cotegipe/BA) embarcando juntos um total de 9,5 milhões de toneladas de soja.

(Por Gustavo Bonato)

Tags:
Fonte: Reuters

Nenhum comentário