Conab diz que MT deve colher 28% da safra de soja do país

Publicado em 13/01/2016 07:58
469 exibições

Pela primeira vez na história, a produção brasileira de soja deve superar 100 milhões de toneladas.  A estimativa é que ela chegue a 102,1 milhões de t no ciclo 2015/16, com aumento de 6,1% na comparação com as 96,2 milhões de t de 2014/15. Os números constam do 4º levantamento da safra de grãos 2015/16 da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgado hoje, em Brasília.  A projeção é que a colheita total alcance o recorde de 210,5 milhões de t, com crescimento de 1,4% (2,8 milhões de t) sobre o período anterior, de 207,7 milhões de t.

“Tudo indica que vamos ter uma boa safra”, destacou o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), André Nassar, que participou da divulgação dos números da Conab. “A nossa agricultura continua se expandindo e atendendo às expectativas dos produtores e do mercado.” Segundo ele, este é um momento importante do desenvolvimento da safra. “Por isso, considero o quarto e o quinta levantamentos da safra de grãos importantes para sabermos o que ocorrerá na temporada 2015/2016.”

O Mato Grosso deve ter a maior colheita de soja do país, conforme o estudo. A projeção é que a produção da oleaginosa no estado alcance 28,3 milhões de t, representando cerca de 28% da safra nacional do grão, seguido do Paraná, com 18,5 milhões de t.

Por causa de problemas climáticos, o Mapa e a Conab estão monitorando o desenvolvimento das lavouras de soja no MT e de arroz no Rio Grande do Sul – respectivamente, os dois maiores produtores nacionais desses grãos. “Estamos examinando com mais precisão os efeitos climáticos nesses dois estados para poder dar suporte aos produtores, caso seja necessário”, enfatizou o diretor de Política Agrícola e Informações da Conab, João Intini.

Em relação ao levantamento do mês passado, houve redução de 348,6 mil toneladas na safra de soja. Já o arroz teve queda de 236,5 mil toneladas.

Ainda segundo a Conab, a primeira safra de milho apresenta redução de 7,7%, passando de 30,1 para 27,8 milhões de t. A queda ocorre, ressaltou a área técnica da empresa, porque os produtores vêm optando pelo plantio de soja na mesma área do milho. Depois da colheita, eles têm cultivado o milho segunda safra.

Área

A estimativa de área plantada no Brasil totaliza 58,5 milhões de hectares, com aumento de 0,9% sobre a safra passada, que foi de 57,9 milhões de hectares. Esse fator se deve unicamente ao crescimento de 3,5% (1,1 milhão ha) da área de soja. As outras culturas apresentaram decréscimo na área de plantio, com exceção da mamona, que teve um crescimento significativo de 56,4%, passando de 82,1 mil para 128,4 mil hectares.

Leia a notícia na íntegra no site MT Agora.

Tags:
Fonte: MT Agora

2 comentários

  • R L Guerrero Maringá - PR

    Onde nós temos andado, que não temos nossas próprias estatísticas e relatórios? Cadê a CNA? Só serve pra cobrar contribuição sindical? Mas vamos guardar esta reportagem e conferir. A safra está logo ali.

    0
    • RODRIGO POLO PIRESBALNEÁRIO CAMBORIÚ - SC

      Guerrero, a "panela" da CNA está no Mapa, ou seja, o mesmo grupo acumula o comando da entidade e da instituição. E através da Kátia Abreu, existe ingerência politica nas duas, ou seja, são utilizadas com propósitos politicos, para aumentar o poder de determinado grupo de pressão. Essa gente não tem, nunca teve e nunca terá compromissos com a classe produtora nem com o dinheiro do "contribuinte".

      0
    • CARLO MELONISAO PAULO - SP

      Rodrigo o sr nao gosta mesmo da Katia-----Eu gosto dela porque apesar de ser amiga de a/b/ c NAO E" BOLIVARIANA-----Para mim isso e' tudo , apesar de eu reconhecer a procedencia e a logica de suas criticas----Ontem li no relatorio da CONAB sobre safra de graos 2014/2015 que o custeio da safra teve 18% de recursos proprios, enquanto na anterior os agricultores entrar com 24%---

      0
    • CARLO MELONISAO PAULO - SP

      entraram com 24%

      0
    • RODRIGO POLO PIRESBALNEÁRIO CAMBORIÚ - SC

      Sr. Meloni, não é questão de gostar, se bem que no caso fico com o velho dito popular, "se me ver agarrado com mulher feia, pode apartar que é briga". Sobre ela não ser bolivariana é ainda pior, pois se uniu e defende os bolivarianos. Sobre a Conab, quem manda lá é ela, e isso se chama ingerência politica, portanto a Conab pode colocar outdoors no Brasil inteiro dizendo que a Kátia Abreu é linda, lembrei da Dilma Bolada, que eu e a maioria dos leitores do Noticias Agricolas, não vamos acreditar. A ironia é somente pelo desprezo que tenho pelas "habilidades politicas e competencias" da ministra.

      0
    • PAULO ROBERTO RENSIBANDEIRANTES - PR

      Isso pode clarear sr. Carlo ? CONAB NOMEIA ADVOGADO DE EMPRESAS SUSPEITAS ADVOGADO DE EMPRESA INVESTIGADA PELO MP GANHA CARGO NA CONAB Publicado: 26 de dezembro de 2015. O deputado Irajá de Abreu (PSD-TO), filho da ministra Kátia Abreu (Agricultura), indicou Igo Nascimento para a diretoria da Cia Nacional de Abastecimento (Conab), que, por sua vez, nomeou Carlos Lara Maia à diretoria de Operações e Abastecimento. Carlos advogou para as empresas Raiz Transporte e Transporte Rodoviário 1500, denunciadas pelo Ministério Público por crimes contra a administração pública. Os servidores de carreira da Conab estão revoltados com os privilégios do deputado que é filho da ministra, e vem dando as cartas na Conab. Carlos Lara Maia era corretor de Bolsa de Mercadorias e advogado de defesa das duas empresas investigadas pelo Ministério Público. SR. CARLO TUDO QUE VEM DESSA SENHORA... SÓ TENHO A DIZER: ISSO NÃO VAI PRESTAR !!!

      0
    • CARLO MELONISAO PAULO - SP

      Paulo obrigado --- na politica e' muito dificil encontrar coroinhas---mas sinto frio so' de pensar que esta pasta poderia ter caido nas maos de um bolivariano----Talvez seja uma pasta onde as possibilidades de desvio de dinheiro sejam pequenas.

      0
    • PAULO ROBERTO RENSIBANDEIRANTES - PR

      Sr. Carlo no tempo do Wagner Rossi, que depois foi alçado Ministro da Agricultura, o seu filho Baleia Rossi, deputado estadual do Estado de São Paulo, deu muitos exemplos do que não pode ser feito em Órgãos Públicos.

      0
    • PAULO ROBERTO RENSIBANDEIRANTES - PR

      Ah! segue um dos artigos da época: http://oglobo.globo.com/brasil/cgu-aponta-falhas-graves-na-agricultura-conab-3348345

      0
    • PAULO ROBERTO RENSIBANDEIRANTES - PR

      A AGRICULTURA NO LIXO - Wagner Rossi é acusado em matéria da Revista Veja. VALE A PENA LER: http://www.revistacafeicultura.com.br/index.php?tipo=ler&mat=40909

      0
  • Dalzir Vitoria Uberlândia - MG

    Nao entendo a noticia..lemos neste espsço todo o dia...a quebra da soja no MT...no Parana...e muito grande.. agora leio neste site que safra de soja sera 6% maior que a anterior...alguem esta mentindo...ou o site ou a materia apresentada!!!!!???

    3
    • EDMAR JOSÉ DE OLIVEIRASORRISO - MT

      Amigo Dalzir, realmente no MT as perdas deverão chegar a 30% na safra de soja 2016,

      0
    • DALZIR VITORIAUBERLÂNDIA - MG

      30% da safra do MT representa quase 9 milhoes de tons...quase 10% da safra brasileira... a materia fala em aumento de 6%...dona Carla Mendes...e o milagre da multiplicacao dos paes...ou chute de jornalistas...

      3
    • RODRIGO POLO PIRESBALNEÁRIO CAMBORIÚ - SC

      Dalzir, jornalista podem puxar o saco do governo pelas mais variadas razões, mas não creio ser o caso da Carla Mendes, de maneira alguma. Acontece que, nós sabemos e não somos assim, os produtores brasileiros tem, vamos dizer, "fetiche" por autoridades. Ok, vamos admitir que os gringos manipulam dados lá nos EUA e que o USDA é um agência de conspiração para acabar com a produção de grãos tupiniquim, mas e os nossos "ministros"? E as nossas autoridades? E as nossas agências conspiratórias? Ou isso, ou não li logo acima o secretário da ministra da nova classe média rural afirmar: "A nossa agricultura continua se expandindo e atendendo às expectativas dos produtores e do mercado". Previsão de safra acima de 100 mi de ton! Se o USDA representa o interesse americano, quem representa o brasileiro? O Mapa e a Conab? Não esquecendo que a Conab é subordinada ao Mapa.

      0
    • RODRIGO POLO PIRESBALNEÁRIO CAMBORIÚ - SC

      Dalzir, você mais que qualquer um de nós, entende que o Brasil aumentou as exportações de grãos devido à desvalorização cambial, e que essa transferencia de renda da sociedade e de outros setores produtivos para os produtores de grãos provoca distorções no mercado. Já estamos ouvindo os relatos de granjeiros quebrando, de novo, mas " a nossa agricultura continua se expandindo". Em matéria de realizações as autoridades brasileiras são mediocres, mas " a agricultura continua se expandindo e atendendo as expectativas dos produtores e do mercado".

      0
    • MARCELO LUIZCAMPINA DA LAGOA - PR

      De certo a Conab tem uma baita credibilidade.

      0
    • HILÁRIO CASONATTOLUCAS DO RIO VERDE - MT

      Area plantada de soja no MT aumentou, mas dificilmente vamos colher as 28 milhões de toneladas segundo Conab, Otimista 26 milhões de tons,pessimista 24 ,sendo um total de 9 milhões de hectares cultivados, os super precoces de 800kg à 1800kg colhendo agora por hec, sendo aproximadamente 2 milhões de hectares cultivados

      0