Imea reduz estimativa de produtividade da soja em Mato Grosso

Publicado em 22/02/2016 07:23
667 exibições

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) reduziu sua estimativa para a produtividade das lavouras de soja em Mato Grosso, após quatro semanas sucessivas de correção para cima. O cálculo realizado com base na área colhida até esta semana indica um rendimento de 52,42 sacas de soja por hectare, volume abaixo das 52,59 sacas estimadas na semana passada.

Os técnicos do Imea corrigiram para baixo a produtividade na região do médio-norte, maior produtora de soja, responsável por 34% da área cultivada com soja no Estado, a mais castigada pela estiagem em janeiro deste ano.

O rendimento da soja no médio-norte foi estimado em 50,18 sacas por hectare, ante as 50,72 sacas por hectare estimadas na semana passada. Para o centro-sul a estimativa caiu de 53,52 sacas para 52,97 sacas. Na região Norte a produtividade recuou de 52,88 sacas para 51,96 sacas.

As correções mais expressivas nas produtividades ocorreram para aregião Nordeste (de 49,69 sacas para 50,39 sacas por hectares) e no noroeste (de 52,42 para 53,18 sacas por hectare). A maior produtividade está sendo registrada na região oeste de Mato Grosso, com a colheita de 56,02 sacas por hectare.

A nova estimativa de produtividade sinaliza a produção de 28,9 milhões de toneladas de soja, levando em conta a área plantada de 9,203 milhões de hectares. A projeção fica abaixo das 29,041 milhões de toneladas da semana passada, mas acima das 27,5 milhões de toneladas previstas em janeiro, no auge das preocupações com os efeitos da forte estiagem que castigou a soja precoce.

Colheita

A colheita da soja em Mato Grosso avançou 13,8 pontos nesta semana e atingiu 39,4% da área plantada, superando em 4,8 pontos percentuais o ritmo dos trabalhos na mesma época do ano passado, evidenciando a recuperação do tempo perdido com o atraso do plantio.

Leia a notícia na íntegra no site Revista Globo Rural.

Tags:
Fonte: Revista Globo Rural

Nenhum comentário