Colheita de soja continua atrasada e chega a 84,3% das lavouras de MS

Publicado em 23/03/2016 07:22
102 exibições

A colheita de soja em Mato Grosso do Sul já atingiu 84,3% das lavouras e os municípios de Amambai, Aral Moreira, Douradina, Fátima do Sul, Laguna Carapã, Naviraí e Vicentina já concluíram a colheita, de acordo com levantamento do Siga/MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio) da Aprosoja (Associação dos Produtores de Soja).

Porém, em comparação com as últimas três safras, tanto na região Sudoeste/Sudeste quanto a região Centro/Norte, continuam atualmente atrasadas, sendo que em comparação com a safra de 2014/15, a porcentagem de atraso é de 11%, principalmente na região Norte.

Segundo o Siga/MS, o atraso deve-se as condições climáticas desfavoráveis que direta ou indiretamente afetaram todas as fases do ciclo do grão.

Durante a última semana, as chuvas deram uma trégua, contribuindo para uma evolução de 11,5% na colheita, ou seja, mais de 275 mil hectares foram colhidos de 11 a 18 de março.

Perdas – Ainda conforme o levantamento do Siga/MS, os produtores de Nova Alvorada do Sul, Rio Brilhante, Sidrolândia, Campo Grande, Maracaju, Dourados, Ponta Porã, Jardim, Bonito, Amambai, Aral Moreira, Caarapó, Laguna Carapã, Fátima do Sul, Naviraí e Vicentina, estimam perdas devido às chuvas, porém os valores ainda estão sendo levantados.

Dourados, Maracaju, Amambai, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Laguna Carapã, Rio Brilhante e Nova Alvorada do Sul, são os municípios mais prejudicados em relação ao escoamento dos grãos, já que rodovias, estradas vicinais e até acessos as propriedades rurais foram comprometidos, devido as chuvas em dezembro e janeiro.

Leia a notícia na íntegra no site Campo Grande News.

Tags:
Fonte: Campo Grande News

Nenhum comentário