Limitado pela baixa demanda e a prática das indústrias em adquirir animais de outros estados, boi em SP trava em R$ 151/@

Publicado em 18/10/2016 13:20 e atualizado em 18/10/2016 14:45
329 exibições
Demanda por carne bovina deve continuar direcionando preços da arroba nos próximos meses

Os preços da arroba evoluem com dificuldade em São Paulo. Limitado pela baixa demanda e a prática das indústrias em adquirir animais em outros estados, o boi gordo na praça paulista se mantém cotado entre R$ 150 a R$ 152/@.

Enquanto isso, em outras regiões a elevação no volume de compra tem favorecido valorizações da arroba. No triangulo mineiro e Mato Grosso do Sul os negócios saem na média de R$ 146/@, compensando a compra em relação a São Paulo.

De acordo com o analista, Caio Toledo Godoy, da FCStone, essas altas recentes, porém, estão "fechando o diferencial de base na relação de São Paulo com Mato Grosso do Sul e Minas Gerais" e "passam a dificultar a compra nesses estados, já que o boi paulista voltou a se tornar competitivo", diz Godoy.

Por outro lado, o analista lembra que "em junho desde ano os preços no mercado futuro para outubro, novembro e dezembro era bastante positivos", por isso não estão descartadas as possibilidade de animais a termo ainda compondo as escalas de abate e pressionando as cotações.

Para que altas consistentes voltem a ocorrer ao boi gordo, o mercado depende, neste momento, da evolução da demanda, que até aqui não tem respondido como esperado. "Poderemos ter uma melhora no consumo com a proximidade do final do ano, mas ainda é uma incógnita", acrescenta Godoy.

No mercado atacadista de carne bovina, o boi casado de animais castrados chegou à cotação R$ 10,27/kg há um mês, mas voltou a recuar para R$ 9,32/kg nas últimas semanas devido a dificuldade do varejo em repassar os preços ao consumidor final.

Por: Aleksander Horta e Larissa Albuquerque
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário