Análise de mercado de açúcar

Publicado em 12/07/2010 13:50 1256 exibições
Comentário Semanal de 05 a 09 de julho de 2010

PERIGO ESCONDIDO

O mercado de açúcar fechou praticamente inalterado na semana quer se encerrou para os vencimentos de outubro de 2010 e março de 2011.
Para os vencimentos seguintes, no entanto, experimentou uma queda média de 7 dólares por tonelada para aqueles meses que representam a safra 2011/2012 e 8 dólares por tonelada para a safra seguinte. Em pouco mais de 20 pregões, a situação é interessante: o outubro de 2010 valorizou 41 dólares por tonelada, o março de 2011 28 dólares por tonelada e o maio de 2011, 10 dólares por tonelada. A partir daí com exceção do julho/2011 que caiu apenas 2 dólares por tonelada e do outubro de 2011, que caiu 7 dólares por tonelada no período, os demais vencimentos derreteram de 15 a 20 dólares por tonelada. Ou seja, a curva se inverteu de maneira rápida e cada tonelada de açúcar brasileiro parece se fazer necessária no mercado internacional. Quedas nos vencimentos mais curtos devem ser aproveitadas como uma oportunidade de compra.
A curva lá para frente, como repetido aqui à exaustão, deverá se normalizar quando nos aproximarmos do último trimestre do ano.
Leia-se: os preços deverão subir e refletir pari passu a perspectiva da produção brasileira de 2011/2012. O preço médio que estamos vendo agora para a 2011/2012, baseado no fechamento de sexta-feira, de 16 centavos de dólar por libra-peso deverá buscar um patamar acima (estimativa de 18-19 centavos de dólar por libra-peso). Por isso, o mercado interno de açúcar deverá começar a refletir essa percepção e o preço atual de ESALQ, hoje em torno de R$ 40,00 por saca pode alcançar, pelo modelo usado pela Archer Consulting, R$ 54 por saca. A conferir.
A fila de navios em Santos está em 106, segundo a Williams. Isso é bom para o spread outubro/março, apesar de ter perdido US$ 1,50 por tonelada esta semana e bom para os namorados a beira mar que trocam juras de amor com o horizonte iluminado pelos navios a espera de atracação.
Fique de olho no seguinte: a posição em aberto nas calls que vencem em Outubro. Já vimos esse filme antes e o mocinho morre no final. Pegando os preços de exercício entre 17 e 22 centavos de dólar por libra-peso existem mais de 120.000 lotes, ou seja, mais de 6 milhões de toneladas. Se calcularmos apenas pelo delta (probabilidade hoje de as opções virarem um contrato futuro no
vencimento) esse risco é de pouco menos de 2 milhões de toneladas.
É um perigo escondido. O gatilho está posicionado no preço de exercício de 18 (19.000 lotes) e 20 (48.000 lotes). Fique esperto.
Continua a preocupar o constante declínio da posição em aberto no mercado de açúcar. Em 6 meses tivemos um declínio de 260.000 lotes, ou seja, o equivalente a 13 milhões de toneladas de açúcar. Vamos retornar nesse assunto na semana que vem com mais detalhes e uma análise de quem está usando NY.
O custo de produção apurado pela Archer Consulting baseado no fechamento da semana é de 15,89 centavos de dólar por libra-peso FOB Santos para o açúcar, sem custo financeiro, e de R$ 0,8962/litro e R$ 0,8604/litro para o etanol anidro e hidratado respectivamente. Baseado no mix estimado dessa safra, as usinas teriam um prejuízo de US$ 0,85 por tonelada de cana moída.
Foi sentido um aumento significativo de fixação por parte das usinas nessas duas últimas semanas. Estamos apurando os valores.
Estou pensando seriamente em criar um polvo aqui no escritório da Archer Consulting. Vai ser mais fácil fazer previsão de preços e direção de mercado. Se a Espanha for campeã da Copa, terá sido o sétimo acerto de Paul, o polvo alemão. A chance de acertar sete resultados em seguida por esse método é de 0,78%. Bastante respeitável esse polvo alemão, diferentemente do cefalópode que existe por aqui.
A Archer Consulting confirma seu XIV Curso Intensivo de Futuros Opções e Derivativos que vai ocorrer em São Paulo, dias 28, 29 e 30 de setembro. Entre no nosso site para mais informações e
inscrição: www.archerconsulting.com.br
No Fundo Fictício da Archer Consulting zeramos na terça nossa posição short no delta, vendendo 434 puts de 16 centavos de dólar por libra-peso no outubro de 2010 coletando um prêmio de 82 pontos.
O desempenho da semana foi um ganho de US$ 490.107,84. O resultado acumulado chega a US$ 5.208.620,36, com retorno anualizado de 233,29%. Isso significa que se o fundo fosse aberto, quem comprou US$ 1.000 em 1/1/2009 hoje teria US$ 5.208,62.
Boa semana para todos.
Arnaldo Luiz Corrêa

Fonte:
Archer Consulting

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário