BOI GORDO: Alguns compradores voltaram a pressionar o mercado

Publicado em 12/04/2012 17:30 884 exibições
Alex Santos Lopes da Silva
zootecnista
Scot Consultoria

Apesar da firmeza dos preços na maioria das praças, alguns compradores voltaram a pressionar o mercado.

Em São Paulo as escalas de abate aumentaram ligeiramente e atendem de 4 a 5 dias, em média. Algumas indústrias saíram das negociações depois de comprar melhor nos últimos dias e devem voltar às compras somente no início da próxima semana.

As ofertas de compra no estado variam de R$93,00/@ a R$98,00/@, à vista, livre de funrural.

Geralmente as indústrias maiores, que acabam ofertando menos, se abastecem nos estados vizinhos, Mato Grosso do Sul e Goiás.

Goiás, aliás, é um dos estados onde há mais facilidade para comprar animais e a referência, tanto no sul quanto em Goiânia, teve queda de R$1,00/@.

A entrega de animais por parte dos pecuaristas melhorou no Centro-Sul.

Já no Norte do país, em especial no Tocantins, está mais difícil encontrar animais terminados.

No mercado atacadista de carne bovina as vendas seguem boas, e isto ajudar a sustentar o mercado do boi gordo.

Fonte:
Scot Consultoria

0 comentário