BOI: Em SP, indústrias saem das compras depois de alongarem escalas

Publicado em 04/05/2012 16:25 e atualizado em 04/05/2012 17:18 900 exibições
Alex Santos Lopes da Silva
zootecnista
Scot Consultoria

Mercado com poucos negócios, comportamento típico para o dia da semana.

Muitas empresas usam deste cenário para pressionarem o mercado reduzindo as ofertas de compra.

Porém, as referências na maior parte do país estão estáveis.

Em São Paulo, existem indústrias que saíram das compras depois de alongarem suas escalas de abate. No estado a referência segue em R$94,50/@, à vista, mas a especulação está muito grande.

As escalas de abate atendem de quatro a cinco dias, em média.

A oferta de animais terminados é razoável em todas as praças pecuárias, inclusive com aumento de oferta em algumas praças do norte do país nos últimos dias, onde estava difícil comprar boiadas.

A seca que vem afetando as pastagens a algum tempo somado a chegada do frio em algumas regiões, prejudicam o capim e reduzem a capacidade suporte dos pastos, favorecendo o aumento de oferta.

No mercado atacadista de carne bovina com osso os preços estão estáveis.

Clique aqui e confira as cotações do boi.

Fonte:
Scot Consultoria

0 comentário