BOI: A dificuldade de compra de boiadas cresceu nos últimos dias e aos poucos o mercado ganha firmeza

Publicado em 22/10/2012 16:00 e atualizado em 22/10/2012 16:52 1124 exibições
Douglas Coelho de Oliveira
zootecnista
Scot Consultoria


Negócios em ritmo lento, mas preços firmes.

A dificuldade de compra de boiadas cresceu nos últimos dias e aos poucos o mercado ganha firmeza.

As ofertas de compra em São Paulo variam de R$95,00/@ a R$97,00/@, à vista. As grandes indústrias testam valores abaixo destes, mas os negócios travam.

As escalas de abate no estado atendem, em média, de três a quatro dias úteis.

Já no Triângulo Mineiro, as programações de abate evoluíram na última semana. Ao contrário de parte dos frigoríficos do Mato Grosso do Sul, que precisa de boiadas para o fim desta semana.

No Pará, esta dificuldade de compra é maior, quando comparada às praças do Centro-Sul.

Desde o início de outubro, a arroba do boi gordo em Marabá subiu 3,2%.

No atacado de carne bovina com osso, o desempenho das vendas está fraco.

O boi casado de animais castrados tem sido negociado por R$6,35/kg, valor 1,3% inferior à cotação do início deste mês.

Clique aqui e confira as cotações do boi. 
Fonte:
Scot Consultoria

0 comentário