Boi Gordo: Mercado firme, mas atacado não mostra sinal de melhora

Publicado em 31/07/2013 17:00 e atualizado em 31/07/2013 18:15
758 exibições

Douglas Coelho de Oliveira
zootecnista
Scot Consultoria

A oferta de boiadas terminadas é curta, porém as vendas de carne no atacado não mostraram sinais de melhora.

Esta situação tem feito com que o mercado do boi gordo ande de lado nas praças paulistas.

Em Paragominas, no Pará, a situação não é diferente. Houve redução dos abates nos últimos dias, em função do fraco escoamento da carne bovina e da menor oferta de bois gordos.

Em São Paulo, a referência para o animal terminado está estável em R$103,00/@, à vista, e R$104,50/@, a prazo. As indústrias de menor porte pagam até R$1,00/@, acima destes valores. 

Por outro lado, os grandes frigoríficos, que garantem parte das programações de abate com boiadas a termo, ofertam preços menores.

A maior parte dos frigoríficos do estado compra matéria prima para as escalas de meados da próxima semana.

O boi casado de animais castrados é negociado por R$6,41/kg, valor 0,5% menor na comparação semanal.

Clique aqui e confira as cotações do boi

Fonte: Scot Consultoria

0 comentário