Boi Gordo: Oferta determina mercado e cenário é altista na maioria das praças

Publicado em 26/08/2013 17:00
952 exibições

Antonio Guimarães de Oliveira
engenheiro agrônomo
Scot Consultoria


A semana começou com os frigoríficos encontrando dificuldade para comprar animais. 

Apesar da alta do preço de referência em São Paulo para R$100,50/@, à vista, existem indústrias pagando até R$102,00/@, à vista.

Algumas empresas possuem bois a termo em suas escalas, o que possibilita um maior conforto neste momento.

As programações de abates atendem, em média, de 3 a 4 dias úteis.

Em geral, o mercado ainda apresenta poucas negociações, cenário típico para o dia da semana.

Em Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul, a referência subiu para R$98,50/@ a prazo, devido à oferta de animais terminados estar mais enxuta.

O cenário é altista em muitas praças, mesmo com a venda de carne ainda ruim, ou seja, a oferta volta a determinar o mercado.

Clique aqui e confira as cotações do boi

Fonte: Scot Consultoria

0 comentário