Boi Gordo: Preços acima da referência ficam mais comuns devido a oferta curta de animais

Publicado em 12/08/2014 17:00 e atualizado em 12/08/2014 18:19 573 exibições

Alex Santos Lopes da Silva
zootecnista
Scot Consultoria


A oferta está curta.

É comum a compra de boiadas por preços acima da referência. 

Mesmo os frigoríficos de grande porte, que trabalham com boiadas a termo ou confinamentos próprios, têm pago mais para alongar as escalas de abate. 

Em estados onde confinar não é prática comum, os preços também estão subindo. A entressafra limita a terminação dos animais no pasto.

Foram onze as praças, dentre trinta e uma pesquisadas, com valorização da arroba. 

Em São Paulo, compras a R$122,00/@, à vista, estão cada vez mais comuns e há indústrias que esta semana não conseguiram comprar nenhum animal por valores inferiores a este.

A demanda tem diminuído com a proximidade da segunda quinzena do mês. Mas isso não impede que os frigoríficos aumentem as oferta de compra.

A disponibilidade de matéria prima está pequena e isso é o que tem precificado o mercado do boi gordo.

Clique AQUI e confira as cotações do boi

Fonte:
Scot Consultoria

0 comentário