Mercado do boi gordo está sem viés definido, diz Scot Consultoria

Publicado em 24/01/2019 19:00 e atualizado em 24/01/2019 21:42
242 exibições

Pâmela Andrade
engenheira agrônoma

Scot Consultoria

De modo geral, a dificuldade em escoar os estoques de carne, por conta do consumo calmo, é registrada na maior parte das praças pecuárias.

Somado a isso, nas regiões onde a oferta de boiadas é suficiente para atender essa demanda vigente, as cotações da arroba caíram.

Como foi o caso do Paraná, Maranhão e Pará. Neste último na região de Marabá, a queda foi de R$1,00/@ na comparação diária.

Em contrapartida, em São Paulo, a oferta de animais terminados não tem sido suficiente para suprir o consumo atual, gerando dificuldade das indústrias em alongar as escalas de abate e pressionando os preços para cima.

No estado, a cotação subiu 0,7% frente ao último levantamento e a média das escalas de abate gira em torno de quatro dias.

No mercado atacadista, o baixo consumo refletiu nos preços do boi casado de animais castrados que atualmente está em R$9,61/kg, queda de 1,5% frente ao último levantamento.

Fonte: Scot Consultoria

Nenhum comentário