Boi Gordo: Maior oferta de boiadas e consumo calmo (Scot Consultoria)

Publicado em 09/05/2019 18:12 e atualizado em 09/05/2019 19:29
221 exibições

O consumo está aquém do esperado e a maior oferta de boiadas pressionou para baixo a cotação da arroba do boi em quatro regiões, apesar da semana de recebimentos dos salários e do Dia das Mães. 

No Noroeste do Paraná, a desova de boiadas refletiu em queda de 0,7% frente ao último fechamento, o que significa R$1,00/@ a menos.

No Pará, as praças de Marabá e Paragominas também fecharam o mercado com quedas de 0,7% e 0,3%, respectivamente. As chuvas em menor volume em algumas regiões do estado permitiram o embarque e o transporte do gado, aumentando a oferta. 

Em contrapartida, no Norte do Tocantins, a oferta não tem sido suficiente para suprir a demanda e a cotação subiu 0,4% na comparação dia a dia. 

Em São Paulo, apesar de estabilidade dos preços, há indústrias ofertando preços abaixo das referências. As programações de abate atendem, em média, seis dias.

Pâmela Andrade, Engenheira agrônoma (da Scot Consultoria)

Fonte: Scot Consultoria

0 comentário