Boi: Mercado reagiu em São Paulo, por Scot Consultoria

Publicado em 21/08/2019 18:45
435 exibições

Marina Zaia

Médica veterinária

Scot Consultoria

Em São Paulo, mesmo com o consumo calmo, o encurtamento das escalas exigiu pagamentos maiores dos frigoríficos.

As programações de abate das indústrias paulistas atendem, em média, quatro dias. Para uma comparação, no mesmo período do mês passado as escalas atendiam ao redor de seis a sete dias.

Com menos oferta de boiadas, a referência da arroba subiu no fechamento de hoje e o boi gordo está cotado em R$154,50/@, à vista, livre de Funrural. A alta foi de 0,7% na comparação diaadia.

Vale destacar também queos frigoríficos que testavam o mercado ofertando preços menores têm utilizado cada vez menos esta estratégia.

Já os preços dos animais que atendem à demanda chinesa estão em torno de R$2,00/@ a R$3,00/@ acima das cotações do “boi comum”.

Para os bois Europa, que atendem a Cota Hilton, a bonificação gira em torno de R$4,00 a R$5,00/@, nas mesmas condições. 

 

 

Fonte: Scot Consultoria

0 comentário