Análise de mercado do boi gordo

Publicado em 28/04/2010 17:10 777 exibições

Alex Lopes da Silva<?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

zootecnista

Scot Consultoria

 

 

O mercado bastante movimentado.

 

<?xml:namespace prefix = st1 ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:smarttags" />Em São Paulo o preço de referência permanece estável em R$81,00/@ a prazo livre do funrural.

 

No entanto alguns frigoríficos, que conseguiram trabalhar melhor suas escalas, voltaram a forçar uma baixa nas cotações, e já existem tentativas de compras de até R$2,00 a abaixo desse valor. Por outro lado, existem também negócios acontecendo a R$82,00/@ livre do imposto.

 

A relação de troca desfavorável continua atrapalhando os negócios e aumenta a resistência do pecuarista no momento de entregar os animais. Com isso a pressão de baixa imposta pelos frigoríficos na ultima semana perdeu a força.

 

No Triângulo Mineiro, o ligeiro aumento nas ofertas de animais terminados acabou derrubando em R$1,00 o preço da arroba na região.

 

No Mato Grosso, a queda na qualidade dos pastos, em função da falta de chuvas, tem forçado, de certa forma, o pecuarista a entregar os animais. Com isso, em Cuiabá e no Norte do Estado, onde se registra a menor cotação da arroba matogrossense, os preços recuaram R$1,00.

 

Em Redenção-PA, a dificuldade de compra fez os frigoríficos pagarem R$1,00 a mais na arroba e, nestes preços os negócios voltaram a acontecer.

 

No mercado atacadista de São Paulo, houve queda nas cotações do dianteiro e da ponta de agulha.

 

 

 Clique aqui e veja as cotações do boi.

 

 

 

Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário