Análise de mercado do boi gordo

Publicado em 31/05/2010 17:05 716 exibições

Alex Santos Lopes da Silva<?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

zootecnista

Scot Consultoria

 

 

Mercado típico de segunda-feira, com poucos negócios acontecendo. Alguns frigoríficos estão fora das compras, aguardando o resultado da venda de carne do final de semana para então se posicionarem.

 

<?xml:namespace prefix = st1 ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:smarttags" />Em São Paulo, o preço de referência permanece em R$80,50/@ a prazo, livre do funrural, no entanto, existem empresas ofertando mais pela arroba.

 

As programações de abate atendem cerca de 4 dias no Estado, o que faz o mercado trabalhar em ambiente firme.

 

No Sul de Goiás foi registrado outro reajuste nas cotações. Com os frigoríficos comprando animais no mercado goiano, houve aumento da concorrência e os preços subiram.

 

No Norte do Mato Grosso a redução na oferta de animais tem dificultado o alongamento das escalas de abate. Os preços subiram R$1,00/@. Por outro lado, no sudeste do Estado, foi observado comportamento inverso, com a arroba se desvalorizando R$1,00.

 

No mercado atacadista de carne bovina com osso de São Paulo os preços estão estáveis. Mas com proximidade do pagamento dos salários, a tendência é que o consumo cresça, dando mais sustentação ao preço da arroba do boi gordo.

 

Clique aqui e veja as cotações do boi.

Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário