Análise de mercado do boi gordo

Publicado em 23/06/2010 17:03 e atualizado em 24/06/2010 07:42 652 exibições

 

Maria Gabriela O Tonini

médica veterinária
Scot Consultoria

 

 

 

Mercado ajustado na maior parte do Brasil.

 

Existe pouca oferta de animais para o abate. Mesmo o frio ou a diminuição da capacidade de suporte das pastagens não têm sido suficientes para aumentar a disponibilidade de gado e tirar a sustentação das cotações.

 

Em São Paulo, mediante a dificuldade no fechamento dos negócios, o preço do boi gordo a prazo subiu para R$82,00/@, livre do funrural. Existem cotações R$1,00/@ mais altas, mas são específicas para alguns frigoríficos em determinadas ocasiões. Existe pressão para a alta do preço à vista, seguindo a tendência do mercado a prazo.

 

Os compradores paulistas também estão agressivos na compra das fêmeas, especialmente os que trabalham mais no mercado interno. Foram fechados negócios com a vaca gorda em até R$77,00/@, à vista, livre do imposto.

 

A menor oferta de animais em São Paulo fez os preços da carne com osso no atacado subirem. Houve alta de R$0,10/kg no traseiro e dianteiro casados e ponta de agulha.

 

 

Clique aqui e veja as cotações do boi.

Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário