Mercado do boi gordo segue com dificuldade na compra e abates com programação curta

Publicado em 22/07/2010 17:17 760 exibições

Maria Gabriela O Tonini
médica veterinária
Scot Consultoria


Com a dificuldade nas compras e programações de abate curtas, a maior parte dos negócios em São Paulo ocorre por R$82,00/@, à vista, livre do funrural.

Alguns frigoríficos (especialmente os que apresentam dificuldade em comprar fora do estado) estão com escalas apertadas, mesmo abatendo bem abaixo da capacidade e alternando dias de matança.

O fluxo de gado do Mato Grosso do Sul para abate em São Paulo segue intenso, com as negociações ocorrendo em R$77,00/@, à vista, livre do imposto.

A oferta de vacas está ainda menor que a de bois em São Paulo. Com isso, existem indústrias pagando até R$78,00/@, à vista, livre do imposto pela vaca, dependendo da ocasião.

Em Belo Horizonte-MG o preço do boi gordo subiu para R$79,00/@, a prazo, livre do funrural, em função da oferta enxuta. Mesma cotação do Mato Grosso do Sul e Triângulo Mineiro.

Alta também no Maranhão, Espírito Santo e Rio de Janeiro.

No mercado atacadista de carne bovina os preços estão estáveis.

Clique aqui e veja as cotações do boi.


 

Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário