Boi gordo está em falta na maioria das praças pecuárias

Publicado em 12/08/2010 17:06 906 exibições

Alex Santos Lopes da Silva
zootecnista
Scot Consultoria


Está faltando boi gordo na maioria das praças pecuárias.

A oferta de animais de pasto é muito pequena e as boiadas de confinamento ainda não saíram em grandes volumes.

Em São Paulo, os frigoríficos ainda precisam de animais para iniciar os abates da próxima semana e as escalas atendem de 2 a 3 dias, em média.

No estado, o preço de referência para a arroba do boi gordo teve alta e está cotada em R$86,00, a prazo, livre de funrural, e R$85,00, à vista, também livre do imposto.

No entanto, não são raros os relatos de negócios acontecendo até R$1,00/@ acima desses valores. Não está fácil encontrar animais terminados nem mesmo nas praças vizinhas, onde geralmente os compradores paulistas atuam.

Os frigoríficos maiores que possuem animais negociados no mercado a termo, confinamento próprio ou mesmo contratos de parceria, conseguem trabalhar com um pouco mais de tranqüilidade e ofertam menos pela arroba no estado.

No norte de Minas Gerais, pelo segundo dia consecutivo, houve alta de preços. A cotação atual, R$77,00/@ a prazo, livre de funrural, é a maior de 2010 para a região, e está 11% acima do registrado no início do ano.

No mercado atacadista de carne bovina com osso os preços estão estáveis, embora a disponibilidade de carne seja pequena.

Clique aqui e confira as cotações do boi.

 

 


 

Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário