Boi Gordo: mercado segue muito firme com a falta de bois terminados

Publicado em 18/08/2010 17:18 709 exibições


Alex Santos Lopes da Silva
zootecnista
Scot Consultoria


A falta de bois terminados mantém o mercado muito firme em todo o país.

Em São Paulo, o preço de referência continua em R$86,00/@, à vista, e R$87,00/@, a prazo, ambos livres do funrural, no entanto, já começam a ocorrer negócios R$2,00/@ acima, para as duas formas de pagamento.

Além disso, embora em menor volume, já há relatos de ofertas de R$90,00/@, a prazo, livre do imposto.
 
Alguns frigoríficos paulistas, em função da dificuldade em comprar animais, estão pulando dias de abate. A maioria das indústrias ainda não possui animais escalados para iniciar os abates da próxima semana.

No Mato Grosso do Sul o número de negócios acontecendo a R$82,00/@, à vista, livre de funrural, tem crescido.

No Norte de Minas Gerais, o valor de referência teve alta de R$1,00/@. Na região, desde o início de agosto, a arroba já acumula alta de 7%.

Em Erechim-RS, Sul da Bahia, e Oeste do Maranhão, os compradores precisaram oferecer mais pelo boi gordo para conseguir alongar suas programações de abate. Assim como em todo o país, faltam animais para abate.

O mercado atacadista de carne bovina com osso está estável.

Clique aqui e confira as cotações do boi.

 

Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário