Mercado do boi gordo segue firme e em alta

Publicado em 24/08/2010 17:06 768 exibições

Hyberville Paulo D’Athayde Neto
médico veterinário
Scot Consultoria

Mercado firme e em alta.

Em São Paulo, embora já exista oferta de animais confinados, o mercado segue enxuto.

O preço referência subiu para R$89,00/@, a prazo, livre de imposto. Existem negócios por R$90,00/@, nas mesmas condições. As escalas atendem entre 2 e 3 dias.

O preço referência da vaca gorda também subiu, devido à sua utilização para fechar as escalas, na falta de bois. Hoje os negócios com as fêmeas ocorrem em R$82,50/@, a prazo, livre de imposto.

No Sul de Goiás e no Mato Grosso do Sul (Campo Grande e Dourados) houve reajustes, devido à concorrência dos frigoríficos paulistas pelos bois destas regiões.

No Mato Grosso, em função da pequena disponibilidade de animais para abate houve reajuste nos preços no sudeste e sudoeste do estado. Nessas regiões o boi gordo é negociado por R$80,00/@ e R$79,50/@, a prazo, livre de imposto.

No mercado atacadista com osso de São Paulo, a pouca oferta fez os preços subirem. O traseiro e dianteiro avulsos subiram R$0,10/kg. A ponta de agulha para consumo teve reajuste de R$0,15/kg, devido à boa demanda.

Clique aqui e confira as cotações do boi.

Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário