Boi Gordo: Mercado segue com escalas mais curtas e ofertas maiores

Publicado em 13/10/2010 16:50 e atualizado em 13/10/2010 17:29
700 exibições

Hyberville Paulo DAthayde Neto
médico veterinário
Scot Consultoria


A segunda-feira foi morta para a compra de bovinos, devido ao feriado de ontem (12/10). Com isto, o os frigoríficos iniciaram a quarta-feira com escalas mais curtas e ofertas maiores.

O preço referência em São Paulo subiu para R$94,00/@, a prazo, livre de imposto. Existem negócios a preços maiores. As escalas atendem entre 2 e 3 dias, com poucas exceções de programações mais confortáveis. O preço atual é 23,3% maior que no início do ano.

O preço das fêmeas também subiu. Hoje são negociadas por R$88,50/@, a prazo, livre de imposto. Valor 24,1% maior que no início do ano.

Assim como em São Paulo, houve reajustes em diversas praças.

Em Três Lagoas-MS, onde foi feriado na segunda-feira e não houve negócios, o preço referência subiu para R$91,00/@, a prazo, livre de imposto. É grande a dificuldade em comprar animais. A alta em 2010 chega a 29,4% para o preço do boi gordo. 

Em Marabá-PA, o preço referência para a compra do boi gordo subiu e está em R$85,00/@, a prazo, livre de imposto. Em relação ao início do ano a alta é de 24,3%.

No mercado atacadista a oferta é enxuta, mas houve recuo no preço da ponta de agulha (charque), que está cotada em R$4,20/kg.

Clique aqui e confira as cotações do boi.

Fonte: Scot Consultoria

Nenhum comentário