Mercado do boi gordo segue com poucos negócios, mesmo com preços em alta

Publicado em 22/10/2010 17:01 e atualizado em 22/10/2010 19:17
884 exibições

Hyberville Paulo D´Athayde Neto
médico veterinário
Scot Consultoria


Poucos negócios com o boi gordo, mesmo com preços em alta.

As escalas em São Paulo atendem de 2 a 3 dias, com abates em níveis reduzidos. O preço referência do boi gordo subiu e está em R$101,00/@, a prazo, livre de imposto. Alta de 9,8% em 30 dias.

Este valor é 32,5% maior que no início do ano. Em 2009, nessa mesma época, o preço do boi gordo em São Paulo acumulava baixa de 10,3%, em relação ao início daquele ano.

No Mato Grosso do Sul houve reajuste em todas as praças, a oferta é curta. O boi gordo é negociado por R$95,00/@, a prazo, livre do imposto em Dourados, Campo Grande e Três Lagoas.

O preço do boi gordo teve reajuste em 16 das 31 praças pesquisadas pela Scot Consultoria. No último mês a valorização média nas praças pesquisadas ficou em 5,3%, em 2010 a alta está em 28,5%.

A próxima semana deve ser de mercado firme, uma vez que a oferta de animais não tem respondido às altas de preços. 

No mercado atacadista com osso os preços estão estáveis, com oferta curta. De todas as peças negociadas, apenas o dianteiro casado não está no maior valor histórico, em termos nominais. 

Clique aqui e confira as cotações do boi.

Fonte: Scot Consultoria

Nenhum comentário