Boi: Mercado sente pressão da dificuldade na venda de carnes

Publicado em 26/01/2011 16:04 897 exibições

Alex Santos Lopes da Silva
zootecnista
Scot Consultoria

 

O mercado do boi gordo está pressionado, com queda de preços em diversas praças.

Por mais que a oferta de animais terminados não seja abundante, a dificuldade na venda de carne faz os frigoríficos pressionarem preços menores para a arroba do boi gordo.

Em São Paulo, embora os negócios ocorram com maior frequência por R$100,00/@, à vista, livre de funrural, existem ofertas de compra entre R$2,00/@ e R$5,00/@ abaixo da referência no estado. Porém, nesses preços menores o mercado trava ou somente pequenos lotes são comprados.

No Mato Grosso do Sul, embora a referência se mantenha em R$94,00/@, à vista, livre de imposto, os frigoríficos paulistas realizam negócios no estado vizinho por até R$95,00/@, nas mesmas condições. Isso ajuda a pressionar o mercado de São Paulo.

No Pará, houve alteração nos preços na três praças pecuárias do estado. Em Marabá e Redenção as cotações recuaram R$1,00/@. Já em Paragominas, depois de abrirem a semana ajustando os preços, o valor da arroba voltou aos R$91,00, a prazo, livre de imposto, sinal de que a oferta é pequena.

No mercado atacadista de carne bovina com osso, os preços estão estáveis, mas a demanda por carne, principalmente de traseiro segue lenta.

Clique aqui e confira as cotações do boi.

Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário