Boi Gordo: Mercado segue com falta de animais terminados

Publicado em 02/03/2011 17:11 1177 exibições

Alex Santos Lopes da Silva
zootecnista
Scot Consultoria

Está difícil encontrar animais terminados em todo o Brasil.

Além disso, as fortes chuvas atrapalham os embarques em vários estados.

Em São Paulo o preço de referência subiu para R$103,00/@, à vista, e R$104,00/@, a prazo, ambos livres de funrural.

Existem frigoríficos pagando até R$2,00/@ a mais nas compras a prazo.

As escalas no estado atendem, em média, 2 a 3 dias, contando que a maioria das indústrias só iniciarão os abates da próxima semana depois do carnaval.

No Norte de Minas Gerais, os preços se alinharam com as demais praças do estado, e hoje a referência está em R$95,00/@, a prazo, livre de funrural.

No Mato Grosso do Sul, já existem frigoríficos locais pagando R$98,00/@, à vista, livre de imposto. A concorrência com as indústrias de São Paulo força preços maiores no estado.

Por mais que a venda de carne não evolua, a pressão de alta existe na maioria das praças, em função da oferta restrita de animais terminados.

No mercado atacadista de carne bovina com osso, depois de iniciar a semana em queda, os preços estão estáveis e as vendas devagar, principalmente para peças de traseiro.

Clique aqui e confira as cotações do boi.

Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário