Mercado do boi gordo segue com poucas movimentações

Publicado em 10/03/2011 17:00 759 exibições

Alex Santos Lopes da Silva
zootecnista
Scot Consultoria

Mercado sem muitas alterações de preços em relação ao fechamento da semana anterior e com poucos negócios sendo realizados.

A oferta de animais é curta e as escalas em São Paulo atendem 3 dias, em média, porém os compradores resistem em pagar mais pela arroba do boi gordo, principalmente pela indefinição em relação à demanda por carne bovina nos próximos dias.

A preocupação dos compradores é a aproximação da segunda quinzena do mês, quando a demanda normalmente cai.

Porém, no Mato Grosso do Sul, embora a referência se mantenha em R$97,00/@, à vista, livre de funrural, já existem negócios chegando aos R$98,00/@, nas mesmas condições. Nas negociações a prazo, algumas boiadas foram compradas a R$100,00/@. Reflexo da pequena oferta de animais terminados.

Em Minas Gerais, no norte e no sul do estado, os preços subiram e hoje a arroba é negociada a R$96,00/@, a prazo, livre de imposto, nas duas praças. A dificuldade na compra está grande nessas regiões. Além disso, na divisa entre São Paulo e Minas Gerais, existe grande concorrência dos compradores paulistas, aumentando a demanda e pressionando os preços.

No mercado atacadista de carne bovina houve reajuste para algumas peças, em função dos varejistas estarem se reabastecendo depois do feriado de carnaval.

Clique aqui e confira as cotações do boi.

Fonte:
Scot Consultoria

0 comentário