Boi Gordo: Boa parte das empresas ainda não abriu ofertas de compra

Publicado em 11/04/2011 17:12 814 exibições

Hyberville Paulo D´Athayde Neto
médico veterinário
Scot Consultoria

Cenário típico de segunda-feira: pecuaristas analisando as ofertas e frigoríficos testando preços.
Boa parte das empresas ainda não abriu ofertas de compra.

Poucos negócios concretizados. As escalas atendem, na maioria, a 3 dias.

O preço referência em São Paulo está em R$101,50/@, à vista, livre de imposto.

Houve valorização dos animais no Mato Grosso do Sul, em Dourados e Campo Grande. Para as negociações a prazo, a referência está em R$98,00/@, livre de imposto, nas três praças do estado.

As fêmeas têm sido utilizadas para preencherem as escalas devido à pequena oferta de bois. Isto elevou as cotações no sul e norte de Minas Gerais.

Nestas regiões os negócios ocorrem por R$85,00/@ e R$89,00/@, respectivamente, a prazo, livre de imposto.

No mercado atacadista os preços das peças, tanto de animais castrados, como inteiros, estão estáveis. A vaca casada teve reajuste e está cotada em R$5,80.

Clique aqui e confira as cotações do boi.

Fonte:
Scot Consultoria

0 comentário