Boi Gordo: Pressão baixista continua, mas está mais fraca

Publicado em 25/05/2011 16:52 1079 exibições


Gustavo Adolpho Maranhão Aguiar
zootecnista
Scot Consultoria


A pressão baixista continua, mas está mais fraca.

Foram registrados recuos em algumas praças pecuárias, como Triângulo Mineiro, Belo Horizonte-MG, Goiânia-GO e Cuiabá-MT, por exemplo.

Em São Paulo, a referência se mantém em R$98,00/@ a prazo, livre de imposto.

Existem ordens de compra em patamares tanto abaixo como acima da referência.

As escalas de abate no estado não evoluíram e atendem, em média, de 3 a 4 dias.

Já no Sudeste do Mato Grosso e no Norte do Tocantins os preços subiram. Os negócios estavam travados nos preços mais baixos.

No mercado atacadista de carne bovina as cotações estão estáveis.

O consumo não é expressivo.

Clique aqui e confira as cotações do boi.

Fonte:
Scot Consultoria

0 comentário