Mercado do boi gordo segue com pouca movimentação nesta quinta-feira

Publicado em 25/08/2011 16:56 e atualizado em 26/08/2011 06:49 732 exibições
Alex Santos Lopes da Silva
zootecnista
Scot Consultoria

Pouca movimentação no mercado do boi gordo.

Os preços ficaram estáveis em todas as praças pecuárias do país, com exceção de Santa Catarina.

A especulação é grande, principalmente nos estados da região centro-sul do país, onde a presença de confinamentos é maior.

A oferta não é abundante, mas existem ainda compradores que tentam negociar em valores abaixo da referência do mercado. Nestes casos, poucos negócios ocorrem.

Em São Paulo as ofertas de compra vão de R$98,00/@ a 102,00/@, a prazo, livre de funrural, mas a referência permanece em R$100,00/@, nas mesmas condições.

As programações de abate atendem três dias, em média.

Goiás segue como o estado onde existe maior facilidade nas compras. Grande parte das escalas dos frigoríficos paulistas é feita com animais comprados no estado vizinho, o maior confinador do país.

A demanda voltou a dar sinais de melhora, o que ajuda o mercado do boi gordo a ganhar sustentação.

Os preços das peças com osso no atacado de São Paulo subiram e o boi casado de animal castrado está cotado em R$6,16/kg.

Clique aqui e confira as cotações do boi.

Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário