Boi Gordo: Tentativas de compra abaixo da referência continuam ocorrendo com frequência

Publicado em 15/09/2011 16:36 e atualizado em 15/09/2011 18:23 745 exibições
Alex Santos Lopes da Silva
zootecnista
Scot Consultoria

Mercado pressionado.

As tentativas de compra abaixo da referência continuam ocorrendo com frequência.

As escalas de abate atendem até duas semanas para frigoríficos maiores, enquanto algumas indústrias menores estão comprando para abater nos primeiros dias da próxima semana.

São justamente essas indústrias menores que sustentam o mercado. Existem ofertas de compra de até R$94,00/@, à vista, mas o mercado trava nesses valores. A referência no estado segue em R$97,00/@ à vista, livre de funrural.

Existe muita especulação no mercado de todo o país, principalmente no centro-sul, onde estão concentrados os confinamentos.

Apesar disso, o preço no Sudeste do Mato Grosso subiu e a referência está em R$87,00/@, a prazo, livre de imposto. Mesmo com a alta, é a praça que registra menor preço para a arroba no estado.

No Sul de Goiás, com o aumento da oferta de animais terminados em São Paulo, os preços da praça vizinha já estão sendo impactados. Existem compradores paulistas que atuam naquela região ofertando R$88,00/@, a prazo, livre de imposto, ou R$2,00/@ abaixo da referência.

No mercado atacadista de carne bovina, a demanda segue lenta e os preços caíram pelo terceiro dia seguido para algumas peças.

Clique aqui e confira as cotações do boi.

Fonte:
Scot Consultoria

0 comentário