Boi-XP: preços seguem elevados com falta de bois

Publicado em 27/10/2010 19:49
529 exibições
A situação está realmente complicada. Em São Paulo, mesmo oferecendo R$105,00/106,00/@, o boi não aparece. O problema é a falta crônica de animais terminados. A estiagem desta entressafra foi muito prejudicial à engorda de animais e, com um volume de precipitação que não é capaz de recuperar as pastagens por enquanto, a situação continua. Já o número de animais confinados caiu absurdamente. Após dois anos de margens negativas para a atividade, o produtor viu-se diante de custos elevados (o boi magro estava caro) e uma perspectiva de preços nada bons no segundo semestre (o que não veio a se confirmar). Sendo assim, a situação é delicada.

O boi chegou a R$100,00/@ à vista no Mato Grosso do Sul, o que fez com que as escalas se mostrassem mais confortáveis hoje. De toda forma, o feriado da próxima semana deverá atrapalhar os frigoríficos nas suas programações. Já na BM&F, o boi parece ter se cansado de tantas altas. Mesmo com dois dias de alta forte para o indicador Cepea/ESALQ à vista, somando uma valorização de R$3,27/@ no físico, o futuro manteve-se praticamente inalterado nos dois últimos fechamentos, refletindo um mercado bastante indefinido. Fato é que mesmo essa "patinada" não deram desculpa para uma realização forte e um descolamento do físico maior do que o ocorrido.

Confira a análise completa: boi2710.pdf

Tags:
Fonte: XP Agro

Nenhum comentário