Café: Ao longo da semana, operadores mostraram maior disposição para fechar negócios no mercado físico

Publicado em 24/02/2012 19:58 e atualizado em 27/02/2012 09:53 798 exibições
Os feriados de carnaval levaram o mercado de café no Brasil a trabalhar apenas dois dias. Ontem, quinta-feira, e hoje. Como não podia deixar de ser foi uma semana calma, mas os operadores no mercado físico mostraram uma disposição maior para fechar negócios. O termino da rolagem dos contratos de março para maio na ICE Futures US em Nova Iorque diminuiu a pressão sobre as cotações do café e a ICE, depois de quatro semanas em baixa, fechou esta semana com um balanço positivo.

O CNC – Conselho Nacional do Café divulgou comunicado esta semana aos produtores de café pedindo cautela com a pressão baixista das últimas semanas. Salientou que é esperado um mercado físico mais interessado e movimentado nas próximas semanas com a necessidade de compra para os embarques de março, abril e maio (veja mais informações em nosso site).

O gerente da Federação Nacional de Cafeicultores da Colômbia reconheceu que a Colômbia fechou 2011 com a produção mais baixa dos últimos 15 anos: 7,551 milhões de sacas de 60 kgs (veja a notícia no clipping de nosso site).

Até o dia 23, os embarques de fevereiro estavam em 954.255 sacas de café arábica, 31.430 sacas de café conillon, somando 985.685 sacas de café verde, mais 146.712 sacas de solúvel, contra 877.756 sacas no mesmo dia de janeiro. Até o dia 23, os pedidos de emissão de certificados de origem para embarque em fevereiro totalizavam 1.740.257 sacas, contra 1.406.095 sacas no mesmo dia do mês anterior.

A bolsa de Nova Iorque – ICE, do fechamento do dia 17, sexta-feira, até o fechamento de hoje, sexta-feira, dia 24, subiu nos contratos para entrega em maio próximo, 125 pontos ou US$ 1,65 (R$ 2,81) por saca. Em reais por saca, as cotações para entrega em maio próximo na ICE fecharam no dia 17 a R$ 458,52/saca e hoje, dia 24, a R$ 459,46/saca. Hoje, sexta-feira, nos contratos para entrega em maio, a bolsa de Nova Iorque fechou com alta de 155 pontos.

Fonte:
Escritório Carvalhaes

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

1 comentário

  • Mateus SOCORRO - SP

    Acredito que o mercado de café irá sofrer um aquecimento, por que a safra de 2012/2013 irá ter uma pequena queda na produtividade pelo menos no interior paulista devido a falta de chuva na colheita passada proporcionando uma uma diminição na safra.

    0