Café: Semana calma e desinteressada no mercado do café

Publicado em 13/09/2013 17:57
823 exibições

Mais uma semana calma e desinteressada no mercado de café. Entre dias de alta e de baixa, os contratos de café com vencimento em dezembro próximo na ICE Futures US apresentaram uma alta na semana de 215 pontos, enquanto a cotação do dólar frente ao real recuou perto de 1%.

Os produtores vendem à medida que precisam fazer “caixa” para as despesas finais de colheita, mas mostram muita preocupação com os preços praticados, abaixo dos custos de produção. Muitos lotes de café arábica que chegam ao mercado são de qualidade fraca ou sofrível, confirmando os estragos das chuvas do mês de junho. Cooperativas e grandes produtores já estão convencidos que a qualidade média desta safra de arábica ficou bem abaixo do esperado. Outra certeza é que este ano o volume de grãos graúdos, de peneira 17 e 18, é inferior à média histórica brasileira.

O Diário Oficial da União publicou, na quarta-feira, 11 de setembro, a liberação de R$ 1 bilhão do FUNCAFÉ – Fundo de Defesa da Economia Cafeeira para o Banco do Brasil, assim distribuídos: até R$ 160.640.000,00 para operações de Custeio; até R$ 283.994.000,00 para operações de Estocagem; até R$ 141.176.000,00 para operações de Aquisição de Café - FAC; até R$ 20.000.000,00 para operações de Contratos de Opções e de Operações em Mercados Futuros; até R$ 80.000.000,00 para operações de Capital de Giro para a Indústria de Torrefação de Café; até R$ 66.623.000,00 para operações de Capital de Giro para a Indústria de Café Solúvel; até R$ 242.568.000,00 para operações de Capital de Giro para Cooperativa de Produção e até R$ 5.000.000,00 para operações de Recuperação de Cafezais Danificados.

No primeiro leilão de venda de contratos de opções de venda de café arábica (Aviso de Venda nº148/2013), realizado hoje pela CONAB - Companhia Nacional de Abastecimento, foram negociados, em pouco mais de 20 minutos, 8.565 contratos (equivalentes a 856 mil sacas), 85,65% dos contratos ofertados. Não houve disputa que pudesse resultar em ágios sobre o prêmio de abertura de R$ 1,715/saca, mesmo em Minas Gerais e São Paulo, onde 100% dos contratos ofertados foram vendidos.

Em Minas Gerais, foram arrematados os 7.000 contratos ofertados (700 mil sacas) e em São Paulo, todos os 1.400 (140 mil sacas). Na Bahia, foram arrematados 65 contratos (6.500 sacas), que correspondem a 16,25% dos 400 ofertados. No Espírito Santo, a demanda foi por apenas 20 contratos (2 mil sacas) dos 700 ofertados. No Paraná, foram arrematados 80 contratos (8 mil sacas) dos 500 ofertados (fonte: Agência Estado).

Até o dia 12, os embarques de agosto estavam em 436.972 sacas de café arábica, e 22.940 sacas de café conillon, somando 459.912 sacas de café verde, mais 40.249 sacas de café solúvel, contra 440.647 sacas no mesmo dia de agosto. Até o dia 12, os pedidos de emissão de certificados de origem para embarque em setembro totalizavam 1.208.643 sacas, contra 1.047.114 sacas no mesmo dia do mês anterior.

A bolsa de Nova Iorque – ICE, do fechamento do dia 6, sexta-feira, até o fechamento de hoje, sexta-feira, dia 13, subiu nos contratos para entrega em dezembro próximo, 215 pontos ou US$ 2,85 (R$ 6,50) por saca. Em reais por saca, as cotações para entrega em dezembro próximo na ICE fecharam no dia 6 a R$ 358,08/saca e hoje, dia 13 a R$ 361,92/saca. Hoje, sexta-feira, nos contratos para entrega em dezembro, a bolsa de Nova Iorque fechou com baixa de 60 pontos. No mercado calmo de hoje, são as seguintes cotações nominais por saca, para os cafés verdes, do tipo 6 para melhor, safra 2013/2014, condição porta de armazém:

R$320/330,00 - CEREJA DESCASCADO – (CD), BEM PREPARADO.
R$295/305,00 - FINOS A EXTRAFINOS – MOGIANA E MINAS.
R$285/290,00 - BOA QUALIDADE – DUROS, BEM PREPARADOS.
R$270/280,00 - DUROS COM XÍCARAS MAIS FRACAS.
R$255/265,00 - RIADOS.
R$240/245,00 - RIO.
R$255/260,00 - P.BATIDA P/O CONSUMO INT.: DURA.
R$240/245,00 - P.BATIDA P/O CONSUMO INT.: RIADAS.

DÓLAR COMERCIAL DE SEXTA-FEIRA: R$ 2,2800 PARA COMPRA.

 

Fonte: Escritório Carvalhaes

0 comentário