Café: Contratos com vencimento em dezembro perderam 560 pontos em NY

Publicado em 07/11/2014 18:01 285 exibições

A indefinição sobre os rumos da economia brasileira após a eleição presidencial do último mês de outubro levou a mais uma semana de forte valorização do dólar frente ao real e oscilações menores na bolsa de Nova Iorque, onde os contratos de café com vencimento em dezembro próximo perderam 560 pontos nesta primeira semana de novembro. A intensificação da rolagem de posições de dezembro para março antes do início do período de entregas físicas na ICE Futures US e o melhor e mais uniforme volume de chuvas sobre os cafezais do sudeste brasileiro neste início de novembro contribuíram com a queda das cotações do café no mercado futuro. 

Apesar da queda em Nova Iorque, a forte desvalorização do real frente ao dólar esta semana deveria ter levado a preços melhores em reais no mercado físico brasileiro de café. Os compradores repassaram para os preços apenas uma pequena parte dessa desvalorização. Aumentaram suas margens de lucros, mas dificultaram o fechamento de um maior número de negócios. 

Depois de uma das secas mais severas da história, as chuvas deste início de novembro provocaram a abertura das últimas floradas de 2014. Agora os cafeicultores terão de contar com boas chuvas no decorrer de novembro e dezembro para que essas flores se transformem na safra brasileira de café 2015. Os agrônomos não se arriscam a falar em números diante da forte e longa seca que devastou os cafezais do sudeste brasileiro nos últimos dez meses. 

O CECAFÉ – Conselho dos Exportadores de Café do Brasil divulgou hoje as exportações brasileiras de café no último mês de outubro. Foram embarcadas 3 264 312 sacas, totalizando até agora nos dez primeiros meses do ano calendário de 2014 (janeiro a outubro), 29 961 843 sacas. Dentro do ano-safra 2014/2015 foram embarcadas até agora 12 378 146 sacas (julho a outubro de 2014). 

No último mês de outubro foram embarcadas 3.264.312 sacas de 60 kg de café, aproximadamente 1% (29.457 sacas) a mais que no mesmo mês de 2013 e 9% (278.530 sacas) a mais que no último mês de setembro. Foram 2.760.856 sacas de café arábica e 275.893 sacas de café conillon, totalizando 3.036.749 sacas de café verde, que somadas a 223.598 sacas de solúvel e 3.965 sacas de torrado, totalizaram 3.264.312 sacas de café embarcadas. 

Até o dia 6, os embarques de novembro estavam em 267.476 sacas de café arábica, mais 10.800 sacas de café conillon somando 278.276 sacas de café verde, mais 10.237 sacas de café solúvel, totalizando 288.513 sacas embarcadas, contra 432.474 sacas no mesmo dia de outubro. Até o dia 6 os pedidos de emissão de certificados de origem para embarque em novembro totalizavam 525.471 sacas, contra 682.401 sacas no mesmo dia do mês anterior. 

A bolsa de Nova Iorque – ICE, do fechamento do dia 31, sexta-feira, até o fechamento de hoje, sexta-feira, dia 7, caiu nos contratos para entrega em dezembro próximo, 560 pontos ou US$ 7,41 (R$ 19,01) por saca. Em reais, as cotações para entrega em dezembro próximo na ICE fecharam no dia 31 a R$ 613,01 por saca e sexta-feira, dia 7, a R$ 619,12 por saca. Hoje nos contratos para entrega em dezembro a bolsa de Nova Iorque fechou com baixa de 135 pontos.

Fonte:
Escritório Carvalhaes

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário