FEIJÃO: Na bolsinha, oferta de 7.500 sacas e sobra de 4.000

Publicado em 16/10/2012 15:48 856 exibições
Feijão Carioca - Hoje na pouco confiável bolsinha a oferta foi menor do que o normal para uma terça-feira. Foram ofertadas aproximadamente 7.500 sacas e sobravam 4.000 sacas às 7h00. Até mesmo os especuladores que tem feijão estocado no Bras não estão animados em vender e aguardam por melhores preços para desovar o seu feijão. Os vendedores de hoje pediam R$ 170, mas acabaram vendendo por R$ 165. Não era necessariamente um feijão nota 9 ou melhor, e sim um 8,5. As referências portanto são nominais.

Feijão Preto - Com venda diminuída no varejo, nos últimos dias o feijão preto segue estável. Como todos os importadores tem o custo muito parecido, seguem mantendo os preços de venda no porto de Paranaguá em R$ 130/135. Agora, as empresas de maior porte que importaram para empacotar estão conseguindo aumentar sua fatia de mercado. As pequenas e médias tem extrema dificuldade de manter o abastecimento com mercadoria de boa qualidade e preço competitivo ao dependerem de abastecimento a partir daquelas empresas importadoras.



Clique aqui para ampliar!

Tags:
Fonte:
Correpar

0 comentário