Feijão: As referências para o nota 9,5 R$ 105, nota 8 R$ 85,00 e nota 7 R$ 75,00

Publicado em 06/02/2014 15:00 480 exibições

Feijão carioca: Jamais a bolsinha de São Paulo teve tão reduzida influência no mercado. Com a saída, nos últimos anos, de compradores de maior volume que apresentavam dificuldades de fluxo de caixa e se sujeitavam a pagar mais caro em São Paulo do que nas fontes a vista, a cada dia há menos compradores. A concentração de compradores é evidente e com isso o volume comercializado vai caindo. Hoje houve oferta de 7.000 sacas, contudo a maior parte está armazenada na região do Brás e não sobre caminhões.  As sobras as 07h30min foram de 2.000 sacas. As referências foram R$ 105,00 para nota 9,5 ; R$ 90 para 8,5 ; R$ 85,00 para 8 e R$ 75,00 para 7.

Feijão preto: A colheita de feijão preto está quase acabada, atingiu segundo estimativas cerca de 90%. Assim a ansiedade de vender também se reduziu. Ainda assim as referências seguem estáveis entre R$ 135. Vários empacotadores procuram estocar feijão por R$ 135. Acreditam em aumento de preços em março e abril.

Tags:
Fonte:
Correpar

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário