Análise de mercado do feijão

Publicado em 12/05/2010 16:02 671 exibições

FEIJÃO CARIOCA – Mercado de feijão carioca segue surpreendendo a quem não acompanha tudo  que está envolvido neste ano conturbado. Mesmo com a safra em andamento, dentro do"pico", o mercado segue firme. Oscilações negativas e positivas tem ocorrido, porém vai dia e vem dia e o mercado  segue mostrando que a avaliaçãofeita por diversos observadores  não está certa, ou seja, a oferta é muito, mas muito menor do que houve no ano passado na mesma época.  As cuvas no sul atrapalham. Segue entrando um volume interessante no triângulo mineiro por R$ 135/145 FOB nota 9. Nesta madruga a oferta total em São Paulo não foi maior do que 16.250 sacas e o preço de R$  165,00 foi considerado razoável pela atual condição do mercado. Feijão nota 8 ontem no Paraná chegou a ser vendido por R$  125.

 

FEIJÃO PRETO  - Segue complicada a oferta de mercadoria de boa qualidade. Com isto,  os preços vão recuando junto com a qualidade dos lotes ofertados. Obviamente o produtor que percebe ter na mão um feijão úmido e de péssima aparência busca vender o mais rápido possível. A referência ontem recuou para R$76/78,  claro que cada um faz seu jogo e o jogo do comprador agora é depreciar o produto o máximo possível e buscar fazer um estoque para enfrentar um período de valorização que acontecerá daqui a 30 ou 60 dias, segundo a maioria dos operadores deste mercado. R$ 93/98 é o preço que se espera  do produto T-2 posto em São Paulo.  A Argentina segue colhendo e em breve haverá um volume razoável ofertado, porém, poucos acreditam  que as ofertas por preços mais baixos, que ocorrem normalmente na entrada da safra, dure mais de um mês.

 

mercado atacadista do bras

 

Clique aqui para ampliar!

 

preco pago ao produtor


 

Tags:
Fonte:
Correpar

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário