Análise de mercado do feijão

Publicado em 19/07/2010 15:55 1031 exibições

FEIJÃO CARIOCA   7h30 - Muitas são as variáveis que os compradores levam em consideração neste momento. A venda de fardos para o varejo está normal considerada estável e dentro do previsto.  Mas esperam que se possível o mercado não caia neste momento. Se baixasse agora, para voltar a subir logo em seguida, prejudicaria sobre  maneira o fluxo dos negócios com os supermercados que voltariam a esperar novas quedas nos preços. Assim, segue a dúvida se o volume que está sendo colhido neste momento chegará ser suficente para colocar o preço para baixo. Temos que levar em consideração que já se passaram 20 dias do mês de Julho e houve baixa sim mas não tão grande quanto poderia ter sido. E todos os dias tudo que é colhido vai para as mãos dos empacotadores que imediatamente colocam no varejo. Não há estoques em lugar algum de feijão novo. Concentração de oferta na área irrigada está havendo, mas só  tem sido suficiente para manter os níveis de preço aonde estão. Quem arrisca um palpite para daqui 30 dias quando este "volume maior" já tiver sido comercializado? Bom como todos elos da cadeira produtiva vivem do momento vamos registrar os negócios da semana passada. Em Goiás lotes tendo como pedida dos vendedores R$ 120/125 e negócios acontecendo ao redor de R$ 115/120  na região de Unaí mesmos níveis com negócios realizados ao redor de R$ 120. No Brás foi registrada a entrada de 26 mil saca, com venda de 12 mil. Feijão nota 9 abriu a R$ 135, nota8 a R$ 125 e nota 7 a R$ 110.

CARIOCA  9h15 - Está sendo registrada venda expressiva de feijões nota 5 e 6 após às 8h desta manhã. A venda total dos feijões disponibilizados nesta madrugada já ultrapassa as 18 mil sacas. Nas fontes, aumentou a quantidade de compradores em busca de feijões novos.

Fique de Olho - A capital brasileira do feijão preto Prudentópolis,  no Paraná deverá preparar a maior feijoada do mundo nos dia 12 e 13 de Agosto. A Só Feijão, da Correpar, estará lá e Marcelo Lüders  vai proferir duas palestras a respeito das perspectivas do mercado.

Feijão Preto 7h30 - Estável com bom volume ofertas o mercado de feijão preto não oferece no momento qualquer tipo de perspectiva de mudança de ritmo. Com a chegada de diversas importações efetuadas da China a perspectiva é de mercado abastecido com negócios rondando a casa do s R$ 90 CIF e com leve tendência de diminuição na medida em que a pressão em busca da venda empurre os preços. O custo do feijão chinês está relativamente alto para os atuais níveis de mercado do fardo. Algo em torno de R$ 90/95, porém tipo 1 catado a mão. Ou a Argentina cede nos preços ou correrá o risco de ver frustrada suas pretensões de desovar logo seus estoques para o Brasil. Afinal , a Bolívia em 30 dias mais estará colocando em nosso mercado algo em torno de 12000 T. 

mercado atacadista

 

Preço da Saca de 60 kg

Clique aqui para ampliar!

 

preco ao produtor

Tags:
Fonte:
Correpar

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário