Feijão: Mercado encontrou uma certa estabilidade e aparentemente não há possibilidade de queda

Publicado em 24/08/2010 16:03 834 exibições

FEIJÃO CARIOCA  7h30-  O mercado encontrou uma certa estabilidade, aparentemente não há possibilidade de queda mas, também, para altas imediatas, a grande maioria dos empacotadores não percebem possibilidade devido a venda relativamente calma para os  supermercados. Ontem os produtores  ficaram firmes em sua posição de R$95 para nota 9. Nesta madrugada foram registradas 14 mil sacas, com venda de apenas 4 Feijão nota 9 caiu um pouco, ficando em R$ 112. Nota 8 foi vendido a R$100 e nota 7 a R$80.

 

U R G E N T E : Comprar ou vender feijão pela Bolsa Brasileira terá financiamento de 1% ao mes mais taxas dependendo do cadastro no Banco do Brasil com prazo de até de 2 anos. Em breve serão retomados os leilões no centro-oeste direto do produtor. Para maiores informações e cadastro ligue agora para 041.32594433 

 


Fique de Olho
O comentário que temos tecido aqui mostra uma tendência. Alguns, -  com todo o direito-,  tomando por base as dificuldade de quantificaçao exata de área plantada, bem como  os valores praticados acima de R$ 80 (extremamente remunerador em algumas regiões) acreditam que o mercado de feijão carioca esteja no topo e que tenhamos ofertas de áreas não levantadas justamente por ter sido muito atraente a valorização recente. Assim,  como outros tantos acreditam que tem uma indicação de valorização, porém, somente para Setembro. O mercado é soberano e a lei de oferta e procura discutível. O que procuramos é reportar apenas e tão somente as informações do que ocorre no campo, por acreditarmos que esta é, na grande maioria das vezes, a melhor baliza para os preços.  Também reportamos a tendência e o sentimento geral  por considerarmos  como dado importante na tomada de decisão e formação da opinião de empacotadores e produtores. De sua opinião [email protected]

 

FEIJÃO PRETO 7h30-  O mercado com poucas  ofertas e muita procura interna na Argentina por parte dos brasileiros e empresas exportadoras. Isto ocorre como decorrência da crescente dificuldade em atender a demanda interna. Os preços na fronteira que estavam US$ 720 tendem a subir durante o dia de hoje. Posto Rio e Belo Horizonte pediu-se ontem até R$ 100. Neste nível os compradores resolveram esperar ou ofertaram no máximo R$ 95.

 
mercado atacadista

 

Preço da Saca de 60 kg

Clique aqui para ampliar!

 

preco ao produtor

Tags:
Fonte:
Correpar

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário