Feijão: Mercado ontem manteve estabilidade nas fontes

Publicado em 26/08/2010 16:03 e atualizado em 16/08/2011 14:00 1009 exibições

FEIJÃO CARIOCA  7h30-  O mercado ontem manteve estabilidade nas fontes. Os compradores procuraram ofertar R$ 90 em Minas,  mas os produtores do cerrado decidiraram esperar e poucos negócios ocorreram por volta de R$ 95. Muitos operadores na região de produção afirmam que o volume colhido em Minas já ultrapassa 75% e o vendido está por volta de 45%. Em Goiás as indicações de preço mantiveram R$ 90/95 por saco de 60 k. Em Luiz Eduardo, na Bahia, a indicação foi de R$ 90/100 dependendo do prazo porém o volume de compras este baixo ontem. Nesta madrugada feijão nota 9 foi ertado a R$115. Nota 8 a R$ 100 e nota 7 a R$80. Entrada de 9 mil sacas, e venda de cerca de 3 mil. 

U R G E N T E :  A compra e venda de feijão pela Bolsa Brasileira agora pode ser financiada pelo Banco do Brasil.  São juros de 1% ao mês mais taxas com prazo de até de 2 anos. Em breve serão retomados os leilões  direto do produtor no  Centro-Oeste. Para maiores informações e cadastro ligue agora para (041) 3259-4433.  

FEIJÃO PRETO 7h30-  Ontem, no Rio Grande do Sul, ficou evidente o quão vazio o mercado está neste momento. Os compradores já sabem que vão precisar pagar mais caro depois da subida da Argentina que voltou a pedir acima de US$ 720. O preço CIF Rio Grande ontem ficou em R$ 93 com ICMS de 7%.  Em outras praças o indicativo é de R$95. Interessante é que os supermercados acreditam que o mercado está vazio e começam a fazer pedidos aos empacotadores para entrega após o feriado de setembro, ou seja, garantem o preço por acreditar que hoje esta barato o fardo.

mercado atacadista

 

Preço da Saca de 60 kg

Clique aqui para ampliar!

 

preco ao produtor
 

Tags:
Fonte:
Correpar

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário